Cinco homens são presos suspeitos de agredir e roubar passageiro na rodoviária de Montes Claros; um deles é policial penal, diz PM

 

O passageiro contou aos militares que iria viajar para o município de Bocaiuva a serviço. Assim que comprou a passagem, desceu para o terminal de embarque e foi abordado por um dos homens pedindo dinheiro. Ele recusou a dar a quantia e passou a ser agredido pelo suspeito.

Em seguida, os outros homens se aproximaram e continuaram com as agressões com socos e chutes. Eles fugiram roubando o celular da vítima, dinheiro e documentos pessoais.

Durante o rastreamento, os policiais localizaram quatro suspeitos nos fundos da rodoviária e um deles conseguiu fugir por uma área de mata. Os outros três foram presos no local, entre eles o policial penal, e foram reconhecidos pela vítima. (Leia abaixo o posicionamento da Sejusp)

A PM continuou as buscas e conseguiu prender o homem que havia fugido pelo matagal e o quinto suspeito. De acordo com a polícia, todos os envolvidos confessaram participação no roubo e nas agressões. O celular da vítima foi recuperado.

A polícia informou que o passageiro sofreu diversos ferimentos no rosto e estava com suspeita de fratura no nariz. Ele dispensou atendimento médico e foi levado até a delegacia para prestar esclarecimentos sobre os fatos.

Os cinco presos foram entregues na delegacia e o caso deve ser apurado pela Polícia Civil.

O que diz a Sejusp

Em nota, a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) informou ao g1 que acompanha os desdobramentos da ocorrência e todas as medidas serão tomadas no âmbito administrativo.

Leia a nota na íntegra

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) acompanha os desdobramentos da ocorrência, que ocorreu fora do horário de trabalho do policial penal.

O policial penal está preso. As investigações estão a cargo da Polícia Civil. Todas as medidas serão tomadas pela secretaria no âmbito administrativo.

Destacamos que a Sejusp não compactua com quaisquer desvios de conduta dos seus profissionais. Todas as situações são acompanhadas com rigor e as medidas administrativas cabíveis no âmbito do processo legal são tomadas, guardando sempre o direito à ampla defesa e ao contraditório.(G1 GRANDE MINAS)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Carro invade contramão, bate contra ônibus, mata três pessoas e fica destruído na BR-070, diz PRF, AS DUAS VÍTIMAS FATAIS SÃO DA CIDADE DE ITACARAMBI

Eleições em Itacarambi (MG): Veja como foi a votação no 2º turno