Pular para o conteúdo principal

Preso em Pará de Minas homem que abusava da filha de 6 anos e transmitia em live

 

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), em conjunto com a Polícia Civil de Goiás (PCGO), prendeu nesta terça-feira (26) em Pará de Minas, no Centro-Oeste do Estado, um homem de 39 anos suspeito de cometer abusos sexuais contra a própria filha, de apenas 6 anos, e transmitia ao vivo na internet. Ao mostrar as imagens, ele solicitava que os usuários o depositassem criptomoedas.

O caso chegou ao conhecimento da polícia após uma internauta goiana ver as imagens no dia 3 de janeiro, filmar e denunciar à Delegacia de Crimes Cibernéticos de seu Estado. Após investigações, foi possível identificar o criminoso. No entanto, segundo a delegada Sabrina Lelis da Silva, o trabalho foi dificultoso porque o site onde os delitos foram cometidos, a FaceCast, é norte-americana, e não teria colaborado com as investigações. "Eu estou aqui à frente dessa delegacia há três anos, e posso afirmar que essas empresas não estão nem aí, eles não se importam. Mas a minha brilhante equipe conseguiu, felizmente, identificar e prender esse homem", relatou.

Os policiais civis apreenderam o telefone celular do autor e um caderno de anotações da criança, onde ela fez desenhos que retratam o crime sofrido. Conforme as apurações, o homem possui "intenso contato com a filha" e ostenta em sua foto de perfil do WhatsApp uma imagem na qual ele aparece beijando a boca da criança. No momento da prisão, os dois estavam sozinhos em casa. A mãe da vítima mora em uma outra cidade, a qual não foi divulgada. A menina ficou sob os cuidados do Conselho Tutelar.

Apesar se ainda não haver evidências, as polícias vão investigar se há outras possíveis vitimas do suspeito, que, no momento da prisão, teria confessado o abuso sexual contra a filha.

“Questionado sobre os fatos, o pai da criança confessou a autoria dos vídeos. Ao final do inquérito, ele poderá ser indiciado pelos crimes de estupro de vulnerável e satisfação de lascívia mediante presença de criança”, informa o delegado Douglas Barcelos, responsável pelas investigações na Delegacia Regional em Pará de Minas.

Conforme o Código Penal Brasileiro, o crime de estupro de vulnerável pode resultar em pena de oito a 20 de prisão em regime fechado.

A reportagem de O TEMPO tentou entrar em contato com a FaceCast para comentar o caso, porém, sem sucesso.

Jornal o Tempo

 

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ACIDENTE NA BR 135 NA COMUNIDADE DO FABIÃO2 EM ITACARAMBI DEIXA CASAL FERIDOS.

fotos whatsap Um acidente de carro envolvendo um veículo   de passeio e um caminhão aconteceu agora a tarde na BR 135 entre a comunidade do Fabião 2 e Itacarambi. No acidente ficou ferido um casal. O motorista do carro, foi removido num helicóptero para Hospital de Montes Claros. A moça ficou ferida mas não corre risco de morte. Aguardem outras informações. Por JPI

Pesquisadores tentam identificar animal encontrado morto em praia da Espanha

Especialistas da fauna marina estão trabalhando para identificar a carcaça de um animal encontrado em agosto, em uma praia de Almería, na Espanha. A criatura tem chifres e mede entre quatro e cinco metros de comprimento. De acordo com autoridades locais, o animal estava em estado de decomposição avançado, o que vem dificultando a identificação. As informações sobre a criatura foram compartilhadas com vários especialistas para tentar fazer a identificação.(r7)

Menores são detidos com moto roubada em Itacarambi; vítima foi encontrada ferida no sofá de casa

  Dois adolescentes, de 13 e 14 anos, foram apreendidos por ato infracional análogo ao crime de roubo em Itacarambi (MG) nesta quinta-feira (5). Segundo a Polícia Militar, a vítima do roubo é um homem, que foi encontrado dentro de casa com ferimentos graves, deitado no sofá. A PM foi chamada por guardas noturnos que suspeitaram dos menores ao se depararem com uma moto abandonada perto de onde eles estavam. Ao serem questionados, os jovens disseram que estavam fugindo de uma pessoa que teria abandonado o veículo após persegui-los. Os policiais fizeram a consulta da placa e descobriram que a moto não tinha queixa de roubo/furto e pertencia a um morador do Centro. Os adolescentes confirmaram que pegaram o veículo e disseram ainda que estavam na casa do homem e o agrediram com tijoladas na cabeça porque ele teria tentado abusar sexualmente deles. O celular da vítima também estava com eles. Em seguida, os militares foram até a residência do homem, onde o encontraram ferido no sofá. Al