JANUÁRIA – AUTOR DE HOMICÍDIO OCORRIDO NA COMUNIDADE DE VÁRZEA BONITA É PRESO E ARMAS APREENDIDAS

 ANUÁRIA – AUTOR DE HOMICÍDIO OCORRIDO NA COMUNIDADE DE VÁZEA BONITA É PRESO E ARMAS APREENDIDAS

Neste sábado, por volta das 20h30min, ligações repassadas via 190 davam conta de que no distrito de Várzea Bonita, distante 130 km de Januária, teria ocorrido uma discussão entre três indivíduos e, durante a briga, ocorreram disparos de arma de fogo. Ainda de acordo com as informações, um dos envolvidos teria sido atingido pelos disparos e veio a óbito no local, bem como outras duas pessoas estavam feridas, dentre elas uma criança de 3 anos, que teria sido socorrida por terceiros para a cidade de Chapada Gaúcha.
Imediatamente, foram deslocadas para o local viaturas policiais de Bonito de Minas, Januária e do Policiamento Especializado de Montes Claros, que estava em outro distrito, próximo ao local do fato.
Chegando ao local, os militares fizeram contato com a esposa da vítima (posteriormente identificado também como autor), que informou que ele tinha 36 anos, e que havia sido assassinado, na presença dela e dos filhos, de 10 e 07 anos.
Segundo a referida senhora, em sua residência funcionava um bar e os envolvidos frequentavam o local, bem como tinham certo grau de amizade. Porém, há pouco tempo, havia ocorrido desavença entre eles, ocasião em que seu esposo passou a ser ameaçado. Em virtude disso, seu esposo comprou um revólver, de pessoa desconhecida, e passou a portá-lo. Ontem, seu esposo, armado com o revólver, deslocou até um bar e demorou voltar para casa. Em virtude da demora, ela foi até o local e percebeu a presença do Autor 3 e Autor 2 (desafetos do esposo dela). Então, viu que seu esposo foi ao banheiro, momento em que ela ouviu um dos autores dizer que iria “queimar” esposo dela. Contou o ocorrido ao esposo, e este tentou ir embora, porém os dois desafetos sacaram facas que portavam. Nesse momento, seu esposo sacou o revólver que portava e efetuou um disparo para o alto, evadindo do local. Chegando em casa, seu esposo se apossou de uma espingarda, além do revólver que já portava, e se postou em frente à área da casa. Em instantes, chegaram na frente da casa o Autor 3 e o Autor 2, portando facas, adentraram no quintal e iniciou-se uma discussão, momento que o esposo dela efetuou um disparo, que acabou atingindo a cabeça de uma criança de 3 anos, que estava sentada na área da própria residência, em frente ao local. Imediatamente, os autores tentaram golpear o esposo dela com as facas que portavam, tendo ele recarregado a arma, efetuando novo disparo, atingindo o tórax do Autor 3. O Autor 3, mesmo ferido, atingiu um golpe de faca no esposo dela (Autor 1), porém, recuou e caiu na via pública. Já o Autor 2, conseguiu desferir golpes de faca no Autor 1, tendo este adentrado em casa e trancado a porta.
Constatando que um autor estava em fuga, os militares iniciaram um complexo rastreamento, visto que se trata de área rural e era noite. Após incessantes buscas, os militares receberam informações de que o autor estaria homiziado na casa de familiares, distante 2 quilômetros do local dos fatos. Então, os militares deslocaram a pé até o local de homizio, visto que o barulho de veículo assustaria o foragido. No local de homizio, o autor foi localizado e preso em flagrante delito, tendo ele confessado a sua participação no homicídio, além de ainda estar portando a faca utilizada no crime.
O autor preso informou que havia entre eles um atrito por causa de animais.
As armas de fogo e as facas utilizadas no crime foram apreendidas e entregues na delegacia de Januária, juntamente com o autor preso.
Infelizmente, a criança não sobreviveu ao ferimento.
Polícia Militar, cuidando do verdadeiro Ouro de Minas: os mineiros e mineiras!
J

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pesquisadores tentam identificar animal encontrado morto em praia da Espanha

Investigado por matar e atear fogo em corpo de mulher é preso pela Polícia Civil na zona rural de Jaíba