Pular para o conteúdo principal

Ex-agente penitenciária é condenada a oito anos em semiaberto por morte do marido em Montes Claros

Ex-agente foi presa sete meses após o crime em Montes Claros (Foto: Reprodução/Inter TV)
O julgamento de Rúbia Cristine Varjão, ex-agente penitenciária acusada de matar o marido em Montes Claros (MG), terminou por vota das 22h30, nesta quinta-feira (26). Segundo o advogado de acusação, Rayne Brito, a ré foi condenada a oito anos de prisão em regime semiaberto.
"O pedido era de homicídio qualificado, mas a condenação saiu por homicídio simples. Tanto a acusação quanto o Ministério Público já recorreram pedindo para acrescentar as qualificações", explica o advogado.
Sérgio dos Reis foi assassinado em setembro de 2012; familiares da vítima acompanharam o julgamento. Eles esperavam um tempo maior na sentença, mas afirmam que a condenação já trouxe um alívio para a família e amigos de Sérgio.
"Quando o juiz disse que ela era condenada já foi um alívio. Queríamos que a condenação fosse em regime fechado, mas isso já provou para toda a sociedade que o Sérgio não era um suicida. Essa era a justiça maior que queríamos", afirma a cunhada da vítima, Gilvânia da Silva Santos.
Entenda o caso
Rúbia Cristine Varjão foi presa no Presídio Alvorada, onde trabalhava, em abril de 2013, sete meses após o crime. A Polícia Civil informou que depois de esfaquear o marido, ela tentou simular o suicídio. A perícia confirmou que houve luta corporal e havia sinais de violência em vários cômodos da casa, que demonstravam que a vítima havia sido agredida. O laudo também apontou que a multiplicidade das lesões, com o corte da esquerda para a direita, supostamente cometido por Sérgio, era impossível, já que ele era destro.
Na época, a Polícia Civil afirmou que alguns indícios apontaram a possibilidade de Rúbia ter premeditado o crime. Para a PC, ela teria dopado o companheiro com um medicamento para reduzir a capacidade de defesa dele. A agente chegou a dizer que o marido tomava remédios, mas não soube informar quais e nem a quantidade ingerida por ele. Testemunhas ouvidas pela polícia disseram que o casal costumava brigar com frequência e já teria inclusive se separado algumas vezes. Eles têm duas filhas e estavam sozinhos no momento do crime.
Nessa quinta-feira (26), a Secretaria de Administração Prisional (Seap) informou que Rúbia foi desligada do sistema prisional em abril de 2013.(g1 grande minas)
·         MONTES CLAROS



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ACIDENTE NA BR 135 NA COMUNIDADE DO FABIÃO2 EM ITACARAMBI DEIXA CASAL FERIDOS.

fotos whatsap Um acidente de carro envolvendo um veículo   de passeio e um caminhão aconteceu agora a tarde na BR 135 entre a comunidade do Fabião 2 e Itacarambi. No acidente ficou ferido um casal. O motorista do carro, foi removido num helicóptero para Hospital de Montes Claros. A moça ficou ferida mas não corre risco de morte. Aguardem outras informações. Por JPI

Pesquisadores tentam identificar animal encontrado morto em praia da Espanha

Especialistas da fauna marina estão trabalhando para identificar a carcaça de um animal encontrado em agosto, em uma praia de Almería, na Espanha. A criatura tem chifres e mede entre quatro e cinco metros de comprimento. De acordo com autoridades locais, o animal estava em estado de decomposição avançado, o que vem dificultando a identificação. As informações sobre a criatura foram compartilhadas com vários especialistas para tentar fazer a identificação.(r7)

Menores são detidos com moto roubada em Itacarambi; vítima foi encontrada ferida no sofá de casa

  Dois adolescentes, de 13 e 14 anos, foram apreendidos por ato infracional análogo ao crime de roubo em Itacarambi (MG) nesta quinta-feira (5). Segundo a Polícia Militar, a vítima do roubo é um homem, que foi encontrado dentro de casa com ferimentos graves, deitado no sofá. A PM foi chamada por guardas noturnos que suspeitaram dos menores ao se depararem com uma moto abandonada perto de onde eles estavam. Ao serem questionados, os jovens disseram que estavam fugindo de uma pessoa que teria abandonado o veículo após persegui-los. Os policiais fizeram a consulta da placa e descobriram que a moto não tinha queixa de roubo/furto e pertencia a um morador do Centro. Os adolescentes confirmaram que pegaram o veículo e disseram ainda que estavam na casa do homem e o agrediram com tijoladas na cabeça porque ele teria tentado abusar sexualmente deles. O celular da vítima também estava com eles. Em seguida, os militares foram até a residência do homem, onde o encontraram ferido no sofá. Al