Homem é preso por pedofilia em Januária após polícia encontrar no celular dele fotos de crianças em cenas de sexo

Munições e o computador foram apreendidos na casa do suspeito — Foto: Polícia Civil/Divulgação
Um homem de 23 anos foi preso nesta terça-feira (2) suspeito de pedofilia em Januária, no Norte de Minas. Segundo a Polícia Civil, imagens com crianças em cenas de sexo foram encontradas no celular do suspeito durante um cumprimento de mandado de busca e apreensão.
A polícia informou que chegou até o homem após uma investigação que indicou ser ele o responsável por criar perfis falsos nas redes sociais para difamar um policial civil.
"Em dezembro de 2018 o autor começou a criar estes perfis e os crimes de injúria e difamação eram dirigidas ao policial. Os perfis ficavam pouco tempo no ar e depois eram retirados da rede. Passados alguns dias, novo perfil era criado e mensagens com o mesmo teor eram publicadas", explica a delegada regional, Lujan Pinheiro.
Durante a investigação a delegada responsável pelo caso, Bruna Brito, encontrou mensagens onde o autor afirmava que um investigador cometia diversos crimes e, em outras publicações, fazia ameaças contra o policial. "Nós, com o apoio do setor de inteligência, descobrimos onde foram criados os perfis. Conseguimos na justiça um mandado de busca e apreensão, que foi cumprido nesta terça-feira".
Na casa do suspeito foram apreendidos ainda um computador, roteador, chips de operadora de telefonia celular, esferas de chumbo e munições calibre .20 e calibre .32; além do celular. "Vamos periciar mídias apreendidas e pode ser que sejam encontradas outras imagens e ainda outras vítimas das calúnias propagadas nas redes sociais", explica a delegada regional.
O homem foi levado ao presídio, e um inquérito policial aberto para apurar o crime de pedofilia; a PC não deu detalhes sobre possíveis vítimas do homem

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MOÇA É ASSASSINADA COM REQUINTE DE CRUELDADE NA CIDADE DE ITACARAMBI.

TRAGÉDIA NA BR 135 EM ITACARAMBI, DUAS VÍTIMAS FATAIS.

DOIS HOMICIDIOS EM MENOS DE 24 HORAS EM ITACARAMBI.