Morte de bovinos preocupa autoridades e produtores rurais região de São Francisco-MG


Animais mortos em São Francisco — Foto: Reprodução / Inter TV
Produtores rurais de São Francisco (MG) estão preocupados com a morte de animais na região. Em apenas duas propriedades, 25 já faleceram. Segundo o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), a suspeita é de que as mortes tenham sido causadas pela tripanossomose bovina, uma doença até então sem registros no Norte de Minas Gerais.
O Sindicato dos Produtores Rurais de São Francisco tem relatos de que outros fazendeiros também estão com o mesmo problema, a estimativa é de que pelo menos 80 animais morreram após apresentarem febre, perda de peso, fraqueza muscular e diminuição do leite. A morte ocorre, em média, até seis dias após os primeiros sintomas da doença.
Fiquei sabendo que um vizinho em um raio de 20 quilômetros, tinha tido o mesmo problema e tinha perdido em torno de 18 a 20 rezes, o que me deixou muito preocupado, é algo que não acontecia, veio acontecer neste ano e o prejuízo é enorme”, fala o produtor rural Luiz Rocha Neto
Sobre a doença

Marco Túlio Pelaquim, coordenador regional do IMA, explica que a tripanossomose é causada por um protozoário e pode ser transmitida também por moscas contaminadas. Em outras regiões de MG, há registros de que a doença tenha se propagado por meio do compartilhamento de agulhas entre animais portadores do parasita, que se aloja na corrente sanguínea.
“O produtor sai para buscar bovinos de uma qualidade genética melhor, melhorar nosso rebanho, produtividade e esquece das doenças que são devastadoras e não exigem exames necessários durante a compra, o que é uma forma importante de prevenção”, fala Marco Túlio.
O coordenador regional do IMA explica que há um único medicamento liberado para o tratamento da doença, que vem dos Estados Unidos. A liberação ocorreu em 2016, devido à quantidade de casos registrados em Minas Gerais. Um laboratório brasileiro também está produzindo a medicação.
O IMA e do Sindicato dos Produtores Rurais de São Francisco, promoveram uma reunião, um veterinário alertou sobre os sintomas da doença e falou também sobre a importância de se notificar as autoridades caso sejam registrados casos suspeitos e confirmados da tripanossomose bovina.
G1 GRANDE MINAS

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ITACARAMBI: ALUNOS DE ESCOLA ESTADUAL REALIZAM MUTIRÃO DE LIMPEZA NA ORLA DO RIO SÃO FRANCISCO.

Comedouro e bebedouro para cães de rua fazem sucesso em Itacarambi

Idoso morre afogado no Rio São Francisco

PREFEITURA DE ITACARAMBI INTENSIFICA LIMPEZA GERAL NA CACHOEIRA QUE ESTÁ SECA DEVIDO À ESTIAGEM.

Menino de 10 anos é encontrado carbonizado após desaparecer em Indaiabira, na zona rural de MG