ALMG aprova projeto do nióbio que garante 13º dos servidores


Com 73 votos favoráveis e nenhum contrário, os deputados estaduais aprovaram, em segundo turno, na manhã desta quarta-feira (4) o projeto de lei que permite ao governador Romeu Zema (Novo) obter cerca de R$ 5 bilhões para pagar o 13o salário do funcionalismo público e acabar temporariamente com o parcelamento dos salários dos servidores.
Apenas quatro, dos 77 deputados não votaram o 
projeto do nióbio. Agostinho Patrus não vota por ser presidente, os deputados Marília Campos e Cristiano Silveira, do PT,estavam viajando e a deputada Ana Paula Siqueira (Rede) está de licença maternidade. Depois de aprovar o texto, os deputados cobraram agilidade do governo no pagamento do 13o dos servidores, que esperam estar nas contas  ainda este ano. O deputado João Vitor Xavier contestou a informação do governo, que negou ter dinheiro em caixa para fazer o pagamento e ser ressarcido depois com a verba do nióbio.
Segundo o parlamentar, mesmo que a operação não ocorra em tempo recorde, o estado teria condições de fazer o depósito imediato do benefício, pois tem a garantia de reposição do caixa. O líder do governo, deputado Luiz Humberto Carneiro (PSDB), no entanto, não garantiu a data. “O que ficou acertado foi que se votássemos até o dia 4 o pagamento do 13o seria feito e o salário será colocado em dia. Se será esse ano ou não, o governo dará um posicionamento”, afirmou.
O ESTADO DE MINAS




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MULHER COM NECESSIDADES ESPECIAIS APÓS DESAPARECIMENTO É ENCONTRADA VIOLENTADA E MORTA EM MANGA-MG

CÂMARA MUNICIPAL DE ITACARAMBI RECEBE DEVOLUÇÃO DE PARTE DO DINHEIRO PÚBLICO DESVIADO POR EX-FUNCIONÁRIO

Jovem de 20 anos morre ao bater carro de frente com caminhão na BR-135, em Corinto

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITACARAMBI ATRAVÉS DA COORDENADORA CIVIL MUNIPAL DISTRIBUEM CESTAS BÁSICAS E ÁGUA TRATADA, ÀS COMUNIDADES NECESSITADAS.

ITACARAMBI GANHARÁ IMPLANTAÇÃO DO PROJETO “OLHO VIVO”.