Zema diz que não há data para pagar servidores: 'Peço desculpas'


O governo de Minas Gerais ainda não tem uma data definida para o pagamento de salários de parte dos servidores públicos. Em entrevista ao Estado de Minas na tarde desta terça-feira (7), o governador Romeu Zema (Novo) pediu desculpas e disse que, por ora, não há como prever quando os recursos estarão à disposição. “Peço desculpas. Eu não consigo tornar previsível o que não tenho como dar previsibilidade. Não é por uma decisão deliberada que estamos deixando de pagar. É porque, infelizmente, o recurso não existe. Temos de pagar na hora que o recurso entra no cofre. Não adianta, nem se eu quisesse, emitir um cheque e mandar para todo mundo se o cheque estiver sem fundo. Peço essa compreensão”, disse.

Nessa segunda-feira (6), o governo informou que servidores das áreas da saúde e da segurança – serviços considerados essenciais em meio à pandemia do novo coronavírus – receberão os salários nesta quinta (9). A previsão de pagamento dos demais, segundo Zema, será divulgada “assim que for possível”.

Crise econômica

Zema atribui a incerteza sobre a data do pagamento ao momento econômico de Minas Gerais, que, assim como o restante do mundo, sofre em função dos reflexos da pandemia da COVID-19. De acordo com o governador, a arrecadação do estado caiu. Os gastos, especialmente os direcionados ao combate ao coronavírus, aumentaram. Por isso, ainda não haveria dinheiro em caixa para pagar salários.

Fonte https://www.em.com.br/app/noticia/gerais



Comentários