Polícia Federal indicia deputado federal, que é delegado da PF, por suspeita de caixa dois.

 

 



A Polícia Federal indiciou o deputado Delegado Marcelo Freitas (PSL-MG) sob suspeita de ter cometido crime de caixa dois na campanha eleitoral de 2018.

O relatório final do inquérito, sigiloso, foi enviado ao Ministério Público de Minas Gerais, que vai decidir se apresenta denúncia contra o parlamentar.

Freitas é delegado da PF. Procurado, disse que não se manifestaria sobre caso que desconhece. Nas redes sociais, o deputado celebra operações do órgão.


“Parabéns Polícia Federal! O crime deve ser combatido sempre. Nenhuma forma de corrupção será tolerada, doa a quem doer!”, escreveu no último dia 2.


Deputado Delegado Marcelo Freitas (PSL-MG) durante reunião com o ministro Paulo Guedes (Economia) - Pedro Ladeira-2.abr.2019/Folhapress



Comentários