NOTÍCIAS POLICIAIS: CRIME BÁRBARO EM JAPONVAR

Homem negou que tenha comprado os equipamentos (Foto: Polícia Civil/Divulgação)
Homem é preso por receptação de equipamentos roubados em Nova Porteirinha

Um protético, de 42 anos, foi preso nesta segunda-feira (23) por receptação de produtos roubados em Nova Porteirinha, no Norte de Minas. De acordo com a Polícia Civil, o homem é dono de um laboratório de prótese dentária. Ele também é suspeito de prestar atendimentos odontológicos no local de forma irregular.
Os objetos encontrados no laboratório, de acordo com a PC, foram avaliados em cerca de R$ 50 mil.
“Estes equipamentos são oriundos de furtos ocorridos em Janaúba. Este autor nega que tenha comprado e afirma que, apesar de terem sido oferecidos a ele pelo valor de R$ 1 mil, ele não pagou pelos equipamentos e mesmo assim o vendedor os deixou em seu laboratório”, explica a delegada responsável pela investigação, Francielle Drumond Figueiredo.
A delegada explica também que o protético indicou quem era o vendedor dos equipamentos. “O homem indicado por ele como sendo o vendedor foi preso por furto de câmeras de segurança, ocorrido na semana passada em Janaúba. Imagens mostram ele e um comparsa durante o crime; os dois permanecem presos. Já o preso por receptação foi liberado após o pagamento de fiança e deve responder o processo em liberdade”.
Jovem é assassinado a tiros dentro da própria casa em Japonvar

Um rapaz de 19 anos foi assassinado na manhã desta segunda-feira (23) em Japonvar, no Norte de Minas. Segundo a Polícia Militar, a vítima foi atingida por três tiros dentro da própria casa, no Centro da Cidade.
A PM informou ainda que o autor dos tiros chegou a arrombar a porta da residência para entrar no imóvel. Durante a ocorrência, testemunhas relataram aos militares que a vítima afirmou recentemente ter sido alvo de uma tentativa de homicídio. O fato teria ocorrido na semana passada.
Os militares acreditam que o autor do homicídio possa ser o mesmo relatado como autor da tentativa anterior. Militares fazem buscas, mas até o início da tarde desta segunda o suspeito não havia sido localizado.

G1 GRANDE MINAS

Comentários