PREFEITURA DE ITACARAMBI DECRETA GUERRA CONTRA O MOSQUITO DA DENGUE E LEISHMANIOSE

Prefeitura realiza mutirão contra dengue e leishmaniose

vigilanciafotoPara combater a proliferação dos mosquitos transmissores da dengue e da leishmaniose (calazar), a prefeitura de Itacarambi começou nesta segunda-feira (23) um mutirão de limpeza e trabalhos emergenciais inicialmente pelo centro da cidade.
Ainda na região central, as atividades continuam nesta terça-feira (24), e na sequência acontecerá em todos os bairros, com data a ser divulgada pela administração através das mídias.
A ação conta com a participação da equipe de Vigilância Ambiental do município, que orienta os moradores a retirarem todo o lixo, materiais e objetos sem utilidade, folhagens e galhos de árvores, e tudo que possa servir de criadouro dos mosquitos “Palha” e Aedes Aegypti.
O coordenador da equipe de Vigilância Ambiental do município, Antonio dos Anjos, informou que a administração conta com o apoio da população para manter a cidade limpa e livre de doenças.
A imagem pode conter: 1 pessoa, atividades ao ar livre
“Pedimos a população que recolha todo e qualquer tipo de lixo ou entulho e coloque em frente suas residências para que possamos recolher. Cada um fazendo a sua parte, tornaremos nossa cidade um lugar cada vez mais limpo, saudável e melhor de se viver.”
Por se tratar de uma doença que pode ser transmitida do animal para o homem (zoonose) através da picada do flebótomo ("mosquito"), a leishmaniose causa preocupação nas autoridades.
Em regiões afetadas, os centros de controle de zoonoses (CCZ) recolhem e sacrificam centenas de animais de rua para tentar controlar a doença, eliminando possíveis reservatórios. Os cães domiciliados só podem ser sacrificados após passarem por exames que confirmem o calazar, e com o consentimento do dono.
Rildo Madureira - Vailton Ferreira/ AssCom Prefeitura de Itacarambi
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: atividades ao ar livre

Comentários