Polícia investiga denúncia de estupro ocorrido em abrigo para menores em Januária

Resultado de imagem para FOTO DE ADOLESCENTE COM MEDO
A Polícia Civil investiga uma denúncia de estupro de vulnerável em Januária, no Norte de Minas. O caso ocorreu dentro da Unidade de Acolhimento Institucional, na sede destinada às mulheres. A vítima, de 15 anos, de acordo com a coordenação do local, faz uso de medicamentos controlados. A denúncia aponta ainda que o crime foi cometido por quatro adolescentes que dividiam quarto com a vítima.
O caso foi denunciado à Polícia Militar nessa segunda-feira (23). Um procedimento para investigar a denúncia foi aberto nesta terça-feira (24) pela Polícia Civil. “Hoje iniciamos as oitivas e ouvimos a vítima. Ela nos informou que, aparentemente, as outras meninas não gostavam dela e por isso iniciaram uma série de ofensas. firma que o abuso ocorreu no dia 17 deste mês, mas no dia 22 foi agredida ao resistir a novo abuso”, explica a delegada Bruna Brito, responsável pela Delegacia de Atendimento Especializado à Mulher.
A delegada explica que as supostas autoras têm idades entre 13 e 15 anos. “Nós iremos ouvir todas as apontadas de participarem do abuso e, ainda, um quinta adolescente que teria participado da agressão, no dia 22. A vítima passou por exames no hospital e também no IML, mas o resultado deve sair em dois dias”, explica.

O abrigo recebe crianças e adolescentes que se encontram em situação de vulnerabilidade social. Segundo a Secretaria de Defesa Social foi instaurado um procedimento para apurar o caso, e todas as medidas legais e administrativas estão sendo tomadas para que os fatos se esclareçam.(G1 GRANDE MINAS)

Comentários