SECRETARIA DE SAÚDE DE ITACARAMBI REALIZA AÇÃO EDUCATIVA NAS ESCOLAS DO MUNICÍPIO

No dia 19/10/2017 o Setor de Vigilância em Saúde realizou uma ação educativa na Escola Municipal Noeme Sales Nascimento no município de Itacarambi. O principal objetivo da ação educativa foi conscientização, aprendizado e a mobilização para os alunos, professores e demais funcionários da escola. Foram ministradas palestras e distribuição de panfletos, o evento ocorreu no turno matutino e vespertino. Os temas abordados pela equipe da vigilância em saúde foram: dengue; leishmaniose visceral (LV); tuberculose; alimentação saudável e riscos sanitários. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), os temas citados apresentam maiores preocupações de saúde pública atualmente. Sendo também uma das maiores preocupações da Prefeita Dra. Nívea Maria e o secretário municipal de saúde Rafael Nunes com a saúde da população.
As palestras foram realizadas por 03 representantes do setor, o coordenador do subsetor de vigilância ambiental deu inicio as palestras. Os temas abordados foram: dengue e leishmaniose visceral (LV), prevenção, transmissão, sintomas e tratamentos das doenças. De acordo com o Ministério da Saúde (MS), a dengue é uma doença febril aguda causada por um vírus, é transmitida pela picada da fêmea do mosquito Aedes aegypti, que se desenvolve em áreas tropicais e subtropicais. A leishmaniose visceral, ou calazar, é uma doença transmitida pelo mosquito-palha ou birigui (Lutzomyia longipalpis) que, ao picar, introduz na circulação do hospedeiro o protozoário Leishmania chagasi (OMS, 2015). O palestrante relatou também sobre o surto recente de leishmaniose visceral no município e as ações realizadas pela equipe da vigilância ambiental para combater, eliminar e prevenir a patologia. Informou sobre a realização do mutirão de limpeza em todos os bairros da cidade e a importância da participação da população no combate de doenças endêmicas e outros fatores de riscos que possam a vir prejudicar a saúde.
A coordenadora do setor de vigilância em saúde Daiane Brito deu sequencia as apresentações, explicando sobre a prevenção, causas, sintomas e tratamentos da tuberculose, doença infecto-contagiosa causada por uma bactéria (Mycobacterium tuberculosis), que afeta principalmente os pulmões, mas também pode ocorrer em outros órgãos do corpo, como ossos, rins e meninges (membranas que envolvem o cérebro). A coordenadora apresentou alguns vídeos de profissionais renomados na área da saúde sobre a prevenção da enfermidade. Orientou todos sobre os serviços ofertados pelo município para a proteção e prevenção da patologia, e as unidades de saúde que atuam na assistência.
O coordenador do subsetor de vigilância sanitária Everton Ferreira explicou sobre a alimentação saudável e os riscos sanitários. Segundo o coordenador da VISA à alimentação saudável proporciona qualidade de vida, pois faz nosso corpo funcionar adequadamente respondendo a todas as funções e é uma das melhores formas de prevenção para qualquer doença. Também definiu riscos sanitários como a probabilidade de um efeito adverso à saúde, pelo contato com produtos ou bens de consumo que ofereça riscos. Exemplificou alguns riscos sanitários e as formas de prevenção, causas, sintomas e tratamento. O coordenador também abordou outros temas: data de validade; data de fabricação; descrição dos rótulos; integridade das embalagens e as formas da exposição final. Solicitou que os participantes apliquem os aprendizados nas compras de produtos sejam alimentos, cosméticos, medicamentos, produtos de higiene, limpeza, agropecuários e outros produtos comercializados em estabelecimentos. Diz ainda o coordenador da VISA que se os consumidores aplicar os aprendizados no seu cotidiano estará protegendo e prevenindo a saúde, evitando incapacidades e doenças relacionadas aos riscos sanitários físicos, químicos e microbiológicos.
O evento foi finalizado com a distribuição de panfletos.
Fotos e texto elaborado por Everton Ferreira




Comentários