Pular para o conteúdo principal

Prefeitura de Itacarambi aciona ex-prefeito e mais três pessoas para reaver cerca de R$ 100 mil desviados de contas bancárias

A Prefeitura de Itacarambi acionou o ex-prefeito Ramon Campos Cardoso (PDT), foto, o contador Ricardo Teixeira de Almeida, mais duas servidoras públicas, para tentar reaver cerca de R$ 100 mil desviados de diversas contas bancárias do município. Entre 2013 e 2016, o rombo atingiu R$ R$ 97.400,83. O contador chegou a devolver R$ 10.902,96, mas parou aí.
O desvio do dinheiro das contas da Prefeitura para a conta do contador foi realizado eletronicamente, através de transferência direta conta a conta, mediante o uso de duas senhas, uma fornecida pelo banco a uma funcionária da tesouraria, E. R. dos S, e outra fornecida ao ex-prefeito.
Outra servidora, Z. M. O, também é ré na ação judicial. Segundo a servidora E. R. dos S, durante os períodos em que Z. M. O a substituiu por motivo de férias ou licenças, ela também teria efetuado transferências de dinheiro das contas da Prefeitura para a conta pessoal do contador Ricardo Teixeira de Almeida.
O ex-prefeito Ramon Campos Cardoso nega sua participação em qualquer irregularidade. Ele culpa as servidoras pelas transferências eletrônicas ilegais. Ele admite que repassou sua senha para a tesoureira E. R. dos S e, com isso, ela passou a ter a posse das duas senhas necessárias para realizar as operações.
Por medida de segurança, todos os pagamentos eletrônicos só podem ser realizados com a introdução das duas senhas no sistema do banco.
A servidora Z. M. O também nega sua participação em qualquer ato ilícito e diz que não fez transferências para a conta bancária do contador. Já a servidora E. R. dos S disse que a realização de todas as transferências era decidida em reuniões do ex-prefeito com o contador e que ela apenas cumpria as ordens para realizar o procedimento. Ela alega que não sabia que essas transferências eram ilícitas, porque eram decididas pelo ex-prefeito e pelo contador.
O contador Ricardo Teixera de Almeida não foi localizado para comentar o assunto.
No dia 24 de novembro de 2016, faltando um mês para deixar o cargo, o ex-prefeito determinou que o procurador jurídico Roberto Lima Neves ajuizasse ação de cobrança contra Ricardo Teixeira. Os desvios vinham ocorrendo desde 2013, primeiro ano de sua gestão. A ação deixou de fora os nomes do ex-prefeito e das duas servidoras públicas, os quais só foram incluídos nos processos em 2017.

Processos nº 0076738-47.2016.8.13.0352 e 0078336-02.2017.8.13.0352

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ACIDENTE NA BR 135 NA COMUNIDADE DO FABIÃO2 EM ITACARAMBI DEIXA CASAL FERIDOS.

fotos whatsap Um acidente de carro envolvendo um veículo   de passeio e um caminhão aconteceu agora a tarde na BR 135 entre a comunidade do Fabião 2 e Itacarambi. No acidente ficou ferido um casal. O motorista do carro, foi removido num helicóptero para Hospital de Montes Claros. A moça ficou ferida mas não corre risco de morte. Aguardem outras informações. Por JPI

Pesquisadores tentam identificar animal encontrado morto em praia da Espanha

Especialistas da fauna marina estão trabalhando para identificar a carcaça de um animal encontrado em agosto, em uma praia de Almería, na Espanha. A criatura tem chifres e mede entre quatro e cinco metros de comprimento. De acordo com autoridades locais, o animal estava em estado de decomposição avançado, o que vem dificultando a identificação. As informações sobre a criatura foram compartilhadas com vários especialistas para tentar fazer a identificação.(r7)

Menores são detidos com moto roubada em Itacarambi; vítima foi encontrada ferida no sofá de casa

  Dois adolescentes, de 13 e 14 anos, foram apreendidos por ato infracional análogo ao crime de roubo em Itacarambi (MG) nesta quinta-feira (5). Segundo a Polícia Militar, a vítima do roubo é um homem, que foi encontrado dentro de casa com ferimentos graves, deitado no sofá. A PM foi chamada por guardas noturnos que suspeitaram dos menores ao se depararem com uma moto abandonada perto de onde eles estavam. Ao serem questionados, os jovens disseram que estavam fugindo de uma pessoa que teria abandonado o veículo após persegui-los. Os policiais fizeram a consulta da placa e descobriram que a moto não tinha queixa de roubo/furto e pertencia a um morador do Centro. Os adolescentes confirmaram que pegaram o veículo e disseram ainda que estavam na casa do homem e o agrediram com tijoladas na cabeça porque ele teria tentado abusar sexualmente deles. O celular da vítima também estava com eles. Em seguida, os militares foram até a residência do homem, onde o encontraram ferido no sofá. Al