Pular para o conteúdo principal

Homem com sinais de embriaguez é preso com carro clonado após fugir da PM

Polícia Militar apreendeu arma, joias e dinheiro após perseguição em Montes Claros (Foto: Polícia Militar/Divulgação)
Um rapaz de 25 anos foi preso depois de fugir da Polícia Militar na madrugada desta terça-feira (27) em Montes Claros. Segundo a PM, o motorista estava com sinais de embriaguez e dirigia em 'zigue-zague' no Bairro Santos Reis. O carro que ele estava era clonado e um revólver foi encontrado debaixo do banco.
"Ele estava fazendo uma manobra de derrapagem na Rua Rua Padre Fabiano. Demos o sinal de parada e ele fugiu, mas foi alcançado e preso na Avenida João XXIII, no Bairro Santos Reis, em torno de 300 metros. Fizemos buscas no veículo e o chassi do carro estava raspado e o motor pertencia a outro veículo. Também, localizamos alguns documentos que irão ajudar a Polícia Civil nas investigações. Além da arma, encontramos uma garrafa com cachaça na lateral da porta", explicou o sargento Antônio Neto. O suspeito negou a realizar o teste do bafômetro.
Na casa dele, no Bairro São Geraldo, os militares apreenderam uma aliança, joias e R$ 5 mil em dinheiro. Também foram recolhidas uma balança e várias embalagens plásticas.
"O suspeito alegou que comprou as joias na internet, mas entrou em contradição quanto à aliança. Primeiro, ele falou que era de uma tia, mas quando confrontamos os nomes que estavam grafados no anel, ele disse que também teria comprado pela internet. O dinheiro estava escondido nas coisas do suspeito e ele não soube dizer a procedência da quantia", detalhou o militar.
Durante o registro da ocorrência, os policiais constataram pelo número de identificação do celular que o aparelho possui queixa de furto. O carro foi apreendido e removido ao pátio credenciado. Todo o material foi entregue na Delegacia de Plantão. Até esta publicação, o procedimento de flagrante ainda não havia finalizado.(g1 grande minas)

 Rapaz disse que comprou aliança pela Internet, diz PM (Foto: Juliana Peixoto/G1)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ACIDENTE NA BR 135 NA COMUNIDADE DO FABIÃO2 EM ITACARAMBI DEIXA CASAL FERIDOS.

fotos whatsap Um acidente de carro envolvendo um veículo   de passeio e um caminhão aconteceu agora a tarde na BR 135 entre a comunidade do Fabião 2 e Itacarambi. No acidente ficou ferido um casal. O motorista do carro, foi removido num helicóptero para Hospital de Montes Claros. A moça ficou ferida mas não corre risco de morte. Aguardem outras informações. Por JPI

Pesquisadores tentam identificar animal encontrado morto em praia da Espanha

Especialistas da fauna marina estão trabalhando para identificar a carcaça de um animal encontrado em agosto, em uma praia de Almería, na Espanha. A criatura tem chifres e mede entre quatro e cinco metros de comprimento. De acordo com autoridades locais, o animal estava em estado de decomposição avançado, o que vem dificultando a identificação. As informações sobre a criatura foram compartilhadas com vários especialistas para tentar fazer a identificação.(r7)

Investigado por matar e atear fogo em corpo de mulher é preso pela Polícia Civil na zona rural de Jaíba

  A Polícia Civil prendeu um homem investigado por matar e colocar fogo no corpo de uma mulher em Itacarambi (MG). Ele foi encontrado em Mocambinho, zona rural de Jaíba (MG), nesta quinta-feira (18). O crime ocorreu em julho de 2020. Segundo a Polícia Civil, “ele teve efetiva participação no homicídio e estava foragido até então. No entanto, vinha fazendo graves ameaças de morte à menor que testemunhara o crime.” A investigação está sob responsabilidade da delegada Bruna Brito. No ano passado, o irmão do homem preso nesta quinta foi encontrado em Brasília (DF), onde permanece encarcerado. Ele era ex-namorado da vítima. Entenda o caso De acordo com a Polícia Civil, a vítima comemorava o aniversário quando o ex foi até a casa dela. Eles seguiram para a zona rural em um carro que era dirigido pelo irmão dele. Uma adolescente também estava com os três e presenciou os fatos. “No local, espancaram e abusaram da vítima, matando-a em seguida. Não bastasse, atearam fogo sobre o corpo