Seleção sofre goleada histórica de equipe de Manga

1seleoHumilhante! É a palavra que define o resultado de 7 a 0 do Olimpik de Manga sobre a seleção de Itacarambi neste sábado (7) pelo campeonato norte mineiro de futebol amador.
A equipe da casa abriu o placar no primeiro tempo após chute de fora da área do atacante Luizinho. O goleiro Breno havia acabado de entrar ao substituir o titular Igor, que se machucou em uma dividida com um jogador adversário, e falhou no lance que deu o primeiro gol aos donos da casa.
Na etapa final, o professor Célio promoveu as entradas De Di Fernandes, Vinicius e Maike nos lugares de Biu, Vitor Lopes e Guilherme Taitinha, mas as mudanças não surtiram efeito. O time não conseguia ameaçar o adversário e após seguidos erros na saída de bola, a equipe manguense conseguiu 3 gols, ampliando o placar em 4 a 0.
A última mudança foi a entrada de Vá Smith no lugar de Neguinho, mas a equipe já se apresentava abalada psicologicamente e não dava sinais de reação. O bom time do Olimpik se aproveitou e aumentou ainda mais sua vantagem em gols, chegando ao placar histórico de 7 a 0.
Com uma derrota e um empate, a seleção de Itacarambi amarga a lanterna de sua chave com apenas 1 ponto, já os manguenses lideram com 7 pontos conquistados em 3 jogos.
E a equipe Itacarambiense não terá muito tempo para se lamentar da derrota vexatória. No próximo sábado (14) o time recebe o Guarani de Januária no estádio Valdir Azevedo, o time precisa vencer se ainda quiser sonhar com uma classificação para a próxima fase da competição.
“É hora de juntar os cacos, temos vergonha na cara e precisamos dar uma resposta ao nosso torcedor, e a oportunidade será no próximo jogo em casa. Contamos com o apoio da torcida para nos recuperarmos.” Disse o treinador Célio.
Rildo Madureira - Vailton Ferreira/ AssCom Prefeitura de Itacarambi

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TRAGÉDIA NA BR 135 EM ITACARAMBI, DUAS VÍTIMAS FATAIS.

DOIS HOMICIDIOS EM MENOS DE 24 HORAS EM ITACARAMBI.

HOMICÍDIO EM ITACARAMBI NA QUARTA-FEIRA DE CINZA