Operação aponta desmatamento de cerca de 1,2 mil hectares de mata atlântica em Minas Gerais


Operação Mata Atlântica em Pé confirma desmate de mais de 1,2 mil hectares em MG — Foto: Polícia Militar de Meio Ambiente/Divulgação
A Operação Mata Atlântica em Pé confirmou o desmatamento de mais de 1,2 mil hectares em Minas Gerais, o equivalente a aproximadamente 1,2 mil campos de futebol. Os dados foram levantados pelo Núcleo de Combate aos Crimes Ambientais (Nucrim), do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), durante fiscalização na semana passada.
De acordo com o órgão, duas pessoas foram presas em flagrante e quatro armas de fogo, uma arma branca, mais de 4 mil m³ de lenha e carvão e dois pássaros foram apreendidos. As multas aplicadas ultrapassam R$ 5 milhões.
Segundo o MPMG, foram fiscalizados 70 propriedades e 157 polígonos em Águas Vermelhas, Curral de Dentro e Santa Cruz de Salinas, no Norte de Minas, além de Cachoeira de Pajeú e Medina, no Vale do Jequitinhonha.
A operação foi realizada em âmbito nacional e envolveu Ministérios Públicos e órgãos ambientais de 15 estados. No total, foi constado o desmatamento de cerca de 3 mil hectares, sendo cerca de 40% desta área localizada em Minas Gerais.
O bioma da mata atlântica está presente em 17 estados brasileiros e cobre, em sua extensão original, cerca de 13% do território nacional, onde vivem aproximadamente 140 milhões de pessoas. Atualmente, de acordo com o Ministério Público, restam aproximadamente 10% de desse tipo de floresta.(G1 GRANDE MINAS)

Comentários