Pular para o conteúdo principal

Operação de combate à comercialização de carne clandestina é deflagrada por órgãos fiscalizadores no Norte de MG


Instrumentos cortantes e couro animal foram apreendidos na zona rural de Glaucilândia — Foto: IMA/ Divulgação
Uma operação para coibir o abate clandestino de bovinos e suínos foi deflagrada nesta segunda-feira (17) em câmaras frias e abatedouros do Norte de Minas. Segundo informações do Ministério Público, quatro mandados de busca e apreensão foram cumpridos em Montes Claros e Glaucilândia. Durante as fiscalizações, couros de animais e instrumentos cortantes foram apreendidos, além de queijos em situação irregular encontrados durante blitzes nas estradas.
A ação, batizada de Carne Segura, foi proposta pelo Ministério Público de Montes Claros, em parceria com a Polícia Militar, Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais e Polícia Rodoviária Federal. Segundo o promotor de Justiça, Felipe Caires, outras fases da operação serão realizadas junto a vendedores do produto.
“Cumprimos quatro mandados de busca e apreensão em locais suspeitos de serem câmeras frias clandestinas de carne e dois locais suspeitos de serem abatedouros clandestinos também de gado. Também fizemos fiscalizações em três pontos em rodovias que dão acesso a Montes Claros. Nas próximas fases vamos atuar em açougues e supermercados da região, verificando se algum deles está comercializando carne clandestina em datas surpresa”, explica Caires.
O promotor argumenta que a população precisa se conscientizar de que o produto sem procedência pode oferecer riscos à saúde de quem consome. “É muito importante que população se conscientize de que comprar carne clandestina oferece grande risco à saúde, então o consumidor não deve fazer isso”, diz.
Caires ainda argumenta que os açougueiros e supermercadistas também devem se conscientizar e se atentar para as sanções que podem sofrer. “É mais importante ainda que nossos açougueiros e supermercadistas se conscientizem de que vender carne clandestina, além de ser infração sanitária e ser contra o direito do consumidor, é crime cuja pena pode chegar a cinco anos de detenção. Se algum comerciante for encontrado vendendo carne clandestina, a carne vai ser apreendida, ele vai ser multado e levado para delegacia”, afirma o promotor.
APREENSÃO
Segundo informações da PM, militares acompanharam a ação dos órgãos fiscalizadores para que os mandados de busca e apreensão fossem cumpridos e para coibir práticas ilegais. O material de couro de animais e instrumentos cortantes foi apreendido em Glaucilândia.
De acordo com o MP, o responsável pelo possível abatedouro de Glaucilândia não foi encontrado para que alguma autuação fosse feita.(G1 GRANDE MINAS)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ACIDENTE NA BR 135 NA COMUNIDADE DO FABIÃO2 EM ITACARAMBI DEIXA CASAL FERIDOS.

fotos whatsap Um acidente de carro envolvendo um veículo   de passeio e um caminhão aconteceu agora a tarde na BR 135 entre a comunidade do Fabião 2 e Itacarambi. No acidente ficou ferido um casal. O motorista do carro, foi removido num helicóptero para Hospital de Montes Claros. A moça ficou ferida mas não corre risco de morte. Aguardem outras informações. Por JPI

Pesquisadores tentam identificar animal encontrado morto em praia da Espanha

Especialistas da fauna marina estão trabalhando para identificar a carcaça de um animal encontrado em agosto, em uma praia de Almería, na Espanha. A criatura tem chifres e mede entre quatro e cinco metros de comprimento. De acordo com autoridades locais, o animal estava em estado de decomposição avançado, o que vem dificultando a identificação. As informações sobre a criatura foram compartilhadas com vários especialistas para tentar fazer a identificação.(r7)

Menores são detidos com moto roubada em Itacarambi; vítima foi encontrada ferida no sofá de casa

  Dois adolescentes, de 13 e 14 anos, foram apreendidos por ato infracional análogo ao crime de roubo em Itacarambi (MG) nesta quinta-feira (5). Segundo a Polícia Militar, a vítima do roubo é um homem, que foi encontrado dentro de casa com ferimentos graves, deitado no sofá. A PM foi chamada por guardas noturnos que suspeitaram dos menores ao se depararem com uma moto abandonada perto de onde eles estavam. Ao serem questionados, os jovens disseram que estavam fugindo de uma pessoa que teria abandonado o veículo após persegui-los. Os policiais fizeram a consulta da placa e descobriram que a moto não tinha queixa de roubo/furto e pertencia a um morador do Centro. Os adolescentes confirmaram que pegaram o veículo e disseram ainda que estavam na casa do homem e o agrediram com tijoladas na cabeça porque ele teria tentado abusar sexualmente deles. O celular da vítima também estava com eles. Em seguida, os militares foram até a residência do homem, onde o encontraram ferido no sofá. Al