Bebê encontrado em banheiro de hospital em Janaúba morreu afogado em vaso sanitário, aponta inquérito da Polícia Civil


O bebê de sete meses que foi encontrado dentro de um vaso sanitário, no Hospital Regional de Janaúba, morreu afogado após a mãe entrar em trabalho de parto e dá à luz. É o que aponta o inquérito em andamento da Polícia Civil, que ouviu a mãe do bebê, de 20 anos, para apurar as causas do ocorrido. A mulher foi levada ao presídio nesta terça-feira (13), presa em flagrante.
Segundo a PC, em primeiro momento a mulher alegou que estava grávida de dois meses, sentia fortes dores abdominais e sangramento, motivando a ida ao hospital. Ela disse ainda que não viu o bebê nascendo quando foi ao banheiro da unidade. Porém, os policiais descobriram as contradições na versão da mulher após relato de testemunhas e exames médicos realizados.
Em novo depoimento à PC, a autora revelou a verdadeira história. De acordo com a polícia, a mulher viu o bebê cair dentro do vaso sanitário após o nascimento. Mesmo olhando para o filho submerso na água, ainda vivo, não tentou socorrê-lo ou pedir ajudar para alguém do hospital. Ainda segundo a Polícia Civil, a autora escondeu a gestação da família, o que teria motivado a ação de tentar se desfazer do bebê.
A polícia ainda vai realizar alguns trabalhos periciais para encerrar as investigações do caso. Foram solicitados exames de micro comparação de DNA; laboratoriais, para verificar se houve ingestão de algum medicamento abortivo por parte da mãe; mental e também no pulmão da criança, para confirmar o óbito por afogamento.
A tipificação do crime será definida após estes exames, podendo a mulher ser enquadrada por homicídio, infanticídio ou aborto.
G1 GRANDE MINAS

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MOÇA É ASSASSINADA COM REQUINTE DE CRUELDADE NA CIDADE DE ITACARAMBI.

TRAGÉDIA NA BR 135 EM ITACARAMBI, DUAS VÍTIMAS FATAIS.

DOIS HOMICIDIOS EM MENOS DE 24 HORAS EM ITACARAMBI.