Mancha de óleo atinge foz do rio São Francisco em Alagoas

09/10/2019 - 13:46
Mancha de petróleo na Praia do Pontal do Peba, vizinho à foz do rio São Francisco. 

A região da foz do Rio São Francisco, no município de Piaçabuçu (AL), foi atingida por uma mancha de óleo, oriunda do derramamento de petróleo cru, de origem desconhecida, que vem afetando a costa do Nordeste brasileiro. A praia do Pontal do Peba, que fica vizinha à foz, dentro da APA (Área de Proteção Ambiental) de Piaçabuçu, teve extensa faixa de areia coberta por manchas de óleo no final da maré alta do último sábado (05 de outubro), por volta das 11h da manhã. O material também chegou no mesmo dia ao Pontal do Coruripe, no município de Coruripe (AL).

As manchas de petróleo que têm aparecido em praias do Nordeste desde o início de setembro já atingiram 132 localidades em 61 municípios de 9 estados. De acordo com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), a mesma substância está poluindo a costa brasileira. Trata-se de petróleo cru, e não de um produto derivado do óleo.
As primeiras manchas surgiram no litoral de Pernambuco, no início de setembro. Depois, material semelhante foi encontrado na Paraíba, Alagoas, Rio Grande do Norte. Foi se espalhando para o Ceará, Piauí, Maranhão, Bahia e por fim, o material chegou ao estado de Alagoas.
Em nota, a Petrobras afirma que o material não é produzido pela companhia. “A análise realizada em amostras atestou, por meio da observação de moléculas específicas, que a família de compostos orgânicos do material encontrado não é compatível com a dos óleos produzidos e comercializados pela companhia”. Os testes foram feitos no Centro de Pesquisas da Petrobras (Cenpes), no Rio de Janeiro.
Ainda não se sabe ao certo a origem da substância. A suspeita é que ele tenha vindo de navios que passavam pela costa brasileira.
O Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF) está preocupado e trabalhando para que as manchas de óleo não causem maiores problemas ao Rio São Francisco. “As manchas apareceram no encontro do litoral alagoano com o litoral sergipano, no Pontal do Peba. Essas manchas começaram a aparecer em Pernambuco, afetaram quase todo o litoral Nordeste e estão a aproximadamente 150 metros do Rio São Francisco. Não sabemos se chegarão mais manchas, mas a situação é preocupante, visto que a foz do Rio São Francisco e sua região estuarina configuram um ecossistema de alto valor para a reprodução das espécies fluviais e marinhas. A região tem também um banco de camarão importantíssimo, além de ser área de desova de tartarugas e ter uma coleção de manguezais. Estamos acompanhando a situação com atenção e cuidado para tomar as medidas necessárias junto aos órgãos de controle ambiental”.
Anivaldo Miranda acrescenta ainda que o vice-presidente do CBHSF, José Maciel Nunes de Oliveira, mora em Penedo (AL) e está acompanhando de perto os acontecimentos para auxiliar o Comitê na defesa do Velho Chico.
A mancha encontrada na foz do São Francisco, segundo o Ibama, está fixada em um ponto da areia da praia, a aproximadamente 150 metros do Velho Chico. O Ibama ainda não divulgou o tamanho da mancha, mas disse que é uma concentração de material em um único ponto.

Da esq.: Mancha de petróleo na Praia do Pontal do Peba/Da dir.: Tartaruga coberta por óleo foi encontrada no Pontal de Coruripe, em AL
O secretário de Meio Ambiente de Piaçabuçu, Otávio Augusto, disse que após o surgimento das manchas de óleo na Praia do Peba, a prefeita em exercício de Piaçabuçu autorizou a limpeza mecânica. “O resíduo começou a chegar ontem e hoje a prefeita Keity Darlian autorizou a utilização de limpeza mecânica. Optamos pela limpeza mecânica em um primeiro momento por conta do volume de resíduos que se concentrou no nosso litoral. Nós estamos aqui com orientação do pessoal do Ibama e do ICMBIO. É um trecho longo”, explicou.
Otávio Augusto contou que as manchas estão concentradas somente na faixa de areia e que o trecho afetado pelo óleo é de aproximadamente 18 km, indo até a foz do São Francisco. “Iniciamos na segunda-feira passada uma coleta manual e não sabemos quando termina por causa do trecho, que vai até a foz do São Francisco”, explicou o secretário de Meio Ambiente de Piaçabuçu.
No dia 05 de outubro, o presidente Jair Bolsonaro determinou uma investigação sobre as origens do óleo. Sergipe decretou situação de emergência por causa das manchas de óleo.
Assessoria de Comunicação CBHSF:

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ITACARAMBI: ALUNOS DE ESCOLA ESTADUAL REALIZAM MUTIRÃO DE LIMPEZA NA ORLA DO RIO SÃO FRANCISCO.

Comedouro e bebedouro para cães de rua fazem sucesso em Itacarambi

Idoso morre afogado no Rio São Francisco

PREFEITURA DE ITACARAMBI INTENSIFICA LIMPEZA GERAL NA CACHOEIRA QUE ESTÁ SECA DEVIDO À ESTIAGEM.

Menino de 10 anos é encontrado carbonizado após desaparecer em Indaiabira, na zona rural de MG