Prefeitura de Itacarambi implanta nova rede de água em Várzea Grande para atender indígenas e não-indígenas



Dentro de pouco tempo, os moradores de Várzea Grande, zona rural de Itacarambi, contarão não apenas com uma, mas com duas redes de distribuição de água. Uma reunião realizada na sede da Procuradoria da República em Montes Claros nesta quinta-feira (13) apaziguou, por ora, o conflito entre indígenas da etnia Xacriabá e não-indígenas, pela questão do abastecimento de água naquela comunidade. Para a prefeita Nívea Maria de Oliveira (PTB), o acesso à água é um direito humano fundamental, que não pode estar submetido a disputas políticas ou pela posse de terras que se encontram em processo de demarcação. A nova rede de água está sendo implantada pela Prefeitura de Itacarambi com recursos e projeto aprovados pela Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), órgão do Ministério da Saúde. Indígenas e não-indígenas terão acesso gratuito à água através da nova rede. Atualmente a comunidade é abastecida por uma rede muito antiga, operada por uma associação comunitária que cobra R$ 20,00 por mês de cada família usuária. Os beneficiários terão a opção de se conectar a qualquer das redes ou às duas. Vale ressaltar que que a ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL está atuando em benefício de TODOS os moradores daquela região, independente de raça, religião ou bandeira política...

POR FÁBIO OLIVA




Comentários

  1. NÃO ACEITAMOS AGUA DE PROPRIEDADE INVADIDA, E TEMOS AGUA SEM PROBLEMA ALGUM A MAIS 30 ANOS, ESPERAMOS QUE RESPONDA PELO O CRIME COMETIDO.

    ResponderExcluir
  2. ACHO QUE ELA SABE MUITO BEM QUE NÃO FOI ISSO FICOU DECLARADO NA AUDIÊNCIA DO MPF 13/02/2020

    ResponderExcluir
  3. Nós não aceitamos esse tipo de atitude na nossa querida comunidade,só queremos que nos deixe em paz com nossa antiga rede d'água,E que este pessoal que se diz indígena respeito nossos direitos,não precisamos de nova rede d'água alguma .nos precisamos e de paz na nossa comunidade.

    ResponderExcluir
  4. Prefeita ta doidinha pra implantar recurso dos indigena em nossa comunidade, aqui não vamos deixar porque não e Aldeia pq ela não aplica ele la na reserva

    ResponderExcluir

Postar um comentário