Pular para o conteúdo principal

Dois homens são detidos pela PM após assalto em Rio Pardo de Minas; uma das vítimas sofreu abuso sexual durante o crime

Área por onde os militares fizeram buscas — Foto: Polícia Militar / divulgação

Dois homens de 15 e 27 anos foram detidos nesta sexta-feira (19) pela Polícia Militar após um assalto em Riacho dos Cavalos, zona rural de Rio Pardo de Minas (MG). As vítimas do roubo são casadas e foram agredidas e ameaçadas. A mulher sofreu violência sexual.

“Ficamos durante toda a madrugada e parte da manhã fazendo rastreamentos até localizá-los em uma área de mata. O local é de difícil acesso e fica a 30 quilômetros da cidade. O menor foi encontrado primeiro, por volta das 9h. Ele apontou a direção por onde o outro indivíduo havia fugido e, após mais duas horas de buscas, nós o encontramos”, fala o tenente Kenneth Viana, comandante do pelotão da PM em Rio Pardo de Minas.

O militar explica que os dois já foram detidos outras vezes, por furto e roubo. Eles atuavam principalmente na zona rural. A PM informou que o menor já pratica atos infracionais desde os 12 anos.

Sobre o assalto

Já no local do assalto, o homem contou que os criminosos chegaram por volta das 22h30 dessa quinta-feira (18). Eles estavam encapuzados e armados com uma faca. As vítimas relataram agressões, como socos e chutes.

O homem disse ainda que quando conseguiu imobilizar um dos assaltantes, levou uma paulada na cabeça e ficou desacordado. A esposa dele foi ameaçada de morte durante o abuso sexual.

As vítimas foram levadas pelo Samu para o hospital da cidade. Elas tiveram hematomas, cortes, traumatismos e escoriações. A mulher vai ter que receber medicação específica por conta da violência sexual.

Buscas

Após o relato do crime, os policiais começaram as buscas. Inicialmente, encontraram uma moto com o chassi picotado no meio do mato, que foi reconhecida por testemunhas como sendo dos criminosos.

A PM teve informações sobre um suspeito e uma equipe foi ao local onde ele mora. O tio informou que ele não estava na residência, que pegou uma moto emprestada e saiu por volta das 21h com outro homem. O tio do suspeito também reconheceu a moto encontrada no mato.

De acordo com a PM, o adolescente foi encontrado montado em um cavalo. Ao perceber que iria ser abordado, correu para um matagal na tentativa de fugir. Os policiais relataram que ele ainda revidou com chutes e socos. O maior de idade também reagiu à prisão, mas foi contido pelos militares. Os dois receberam atendimento no hospital e foram levados para a delegacia.

“O crime causou uma clamor muito grande na população. Mas conseguimos dar uma resposta à altura para as vítimas e para a sociedade”, destaca o tenente Kenneth Viana.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ACIDENTE NA BR 135 NA COMUNIDADE DO FABIÃO2 EM ITACARAMBI DEIXA CASAL FERIDOS.

fotos whatsap Um acidente de carro envolvendo um veículo   de passeio e um caminhão aconteceu agora a tarde na BR 135 entre a comunidade do Fabião 2 e Itacarambi. No acidente ficou ferido um casal. O motorista do carro, foi removido num helicóptero para Hospital de Montes Claros. A moça ficou ferida mas não corre risco de morte. Aguardem outras informações. Por JPI

Pesquisadores tentam identificar animal encontrado morto em praia da Espanha

Especialistas da fauna marina estão trabalhando para identificar a carcaça de um animal encontrado em agosto, em uma praia de Almería, na Espanha. A criatura tem chifres e mede entre quatro e cinco metros de comprimento. De acordo com autoridades locais, o animal estava em estado de decomposição avançado, o que vem dificultando a identificação. As informações sobre a criatura foram compartilhadas com vários especialistas para tentar fazer a identificação.(r7)

Investigado por matar e atear fogo em corpo de mulher é preso pela Polícia Civil na zona rural de Jaíba

  A Polícia Civil prendeu um homem investigado por matar e colocar fogo no corpo de uma mulher em Itacarambi (MG). Ele foi encontrado em Mocambinho, zona rural de Jaíba (MG), nesta quinta-feira (18). O crime ocorreu em julho de 2020. Segundo a Polícia Civil, “ele teve efetiva participação no homicídio e estava foragido até então. No entanto, vinha fazendo graves ameaças de morte à menor que testemunhara o crime.” A investigação está sob responsabilidade da delegada Bruna Brito. No ano passado, o irmão do homem preso nesta quinta foi encontrado em Brasília (DF), onde permanece encarcerado. Ele era ex-namorado da vítima. Entenda o caso De acordo com a Polícia Civil, a vítima comemorava o aniversário quando o ex foi até a casa dela. Eles seguiram para a zona rural em um carro que era dirigido pelo irmão dele. Uma adolescente também estava com os três e presenciou os fatos. “No local, espancaram e abusaram da vítima, matando-a em seguida. Não bastasse, atearam fogo sobre o corpo