Dois homens são detidos pela PM após assalto em Rio Pardo de Minas; uma das vítimas sofreu abuso sexual durante o crime

Área por onde os militares fizeram buscas — Foto: Polícia Militar / divulgação

Dois homens de 15 e 27 anos foram detidos nesta sexta-feira (19) pela Polícia Militar após um assalto em Riacho dos Cavalos, zona rural de Rio Pardo de Minas (MG). As vítimas do roubo são casadas e foram agredidas e ameaçadas. A mulher sofreu violência sexual.

“Ficamos durante toda a madrugada e parte da manhã fazendo rastreamentos até localizá-los em uma área de mata. O local é de difícil acesso e fica a 30 quilômetros da cidade. O menor foi encontrado primeiro, por volta das 9h. Ele apontou a direção por onde o outro indivíduo havia fugido e, após mais duas horas de buscas, nós o encontramos”, fala o tenente Kenneth Viana, comandante do pelotão da PM em Rio Pardo de Minas.

O militar explica que os dois já foram detidos outras vezes, por furto e roubo. Eles atuavam principalmente na zona rural. A PM informou que o menor já pratica atos infracionais desde os 12 anos.

Sobre o assalto

Já no local do assalto, o homem contou que os criminosos chegaram por volta das 22h30 dessa quinta-feira (18). Eles estavam encapuzados e armados com uma faca. As vítimas relataram agressões, como socos e chutes.

O homem disse ainda que quando conseguiu imobilizar um dos assaltantes, levou uma paulada na cabeça e ficou desacordado. A esposa dele foi ameaçada de morte durante o abuso sexual.

As vítimas foram levadas pelo Samu para o hospital da cidade. Elas tiveram hematomas, cortes, traumatismos e escoriações. A mulher vai ter que receber medicação específica por conta da violência sexual.

Buscas

Após o relato do crime, os policiais começaram as buscas. Inicialmente, encontraram uma moto com o chassi picotado no meio do mato, que foi reconhecida por testemunhas como sendo dos criminosos.

A PM teve informações sobre um suspeito e uma equipe foi ao local onde ele mora. O tio informou que ele não estava na residência, que pegou uma moto emprestada e saiu por volta das 21h com outro homem. O tio do suspeito também reconheceu a moto encontrada no mato.

De acordo com a PM, o adolescente foi encontrado montado em um cavalo. Ao perceber que iria ser abordado, correu para um matagal na tentativa de fugir. Os policiais relataram que ele ainda revidou com chutes e socos. O maior de idade também reagiu à prisão, mas foi contido pelos militares. Os dois receberam atendimento no hospital e foram levados para a delegacia.

“O crime causou uma clamor muito grande na população. Mas conseguimos dar uma resposta à altura para as vítimas e para a sociedade”, destaca o tenente Kenneth Viana.


Comentários