Pular para o conteúdo principal

Operação Alferes prende 39 pessoas no Norte de Minas

Repressão - Operação reuniu 876 policiais militares e 323 viaturas
Repressão - Operação reuniu 876 policiais militares e 323 viaturas
A Polícia Militar deflagrou em 77 municípios do Norte de Minas a Operação “Alferes”, com o intuito de reprimir o porte ilegal de armas de fogo, o tráfico de drogas e o furto e roubo de veículos. Ao todo, 483 abordagens foram feitas em apenas um dia, 39 pessoas foram presas, dentre elas um homem que estava foragido da Justiça.
 
Durante a operação foram realizadas abordagens a pessoas suspeitas, blitze nas rodovias estaduais e federais delegadas, com o objetivo de interceptar o transporte de produtos furtados e roubados no meio rural e outras ações delituosas, o que acarretou a realização de 198 registros de evento de Defesa Social (Reds).
 
Com relação às ocorrências de trânsito, 151 pessoas foram detidas e 19 armas de fogo foram apreendidas. Além de drogas, a Polícia Militar apreendeu outros materiais, como três aparelhos celulares, 2.490 litros de combustíveis de origem clandestina, R$ 2.642 em dinheiro e 11 pássaros silvestres.
 
“A operação, em suas vertentes preventiva e repressiva, propiciou à comunidade a presença real da Polícia Militar no contexto da segurança pública e inibiu práticas delituosas, priorizando a apreensão de armas de fogo e de substâncias entorpecentes e tóxicas, além do cumprimento de mandados de busca e apreensão, visando a preservação da ordem pública e a incolumidade das pessoas e do patrimônio”, destaca o major Luís Gonçalves Pinheiro.
 
De acordo com a corporação, houve o emprego de 876 policiais militares e 323 viaturas. A operação Alferes é realizada em comemoração ao aniversário da Polícia Militar de Minas Gerais, que completa 245 anos. A ação foi realizada em todo o Estado.
 
CRISTO REI
Em Montes Claros, a ocorrência de maior destaque durante a Operação Alferes foi registrada no bairro Conferência Cristo Rei. Um adolescente de 17 anos foi apreendido, após denúncia anônima, comercializando drogas na rua Maracanã, próximo à linha férrea.
 
Com o jovem foram encontrados 25 papelotes de cocaína, 23 buchas e um tablete de maconha. Também foram apreendidos R$ 172 e uma arma calibre 32, sem munições e invólucros plásticos vazios, que foram entregues na delegacia.
 
SÃO GERALDO
Ainda durante a operação Alferes, a Polícia Militar cumpriu mandado de prisão de uma advogada, no bairro São Geraldo. Ela já vinha sendo monitorada pelos militares a pedido da comarca de Francisco Sá. 
 
A corporação não divulgou o motivo das investigações e da prisão para não comprometer a articulação e possível envolvimento de outras pessoas. Na casa da advogada foram apreendidos um celular, dois notebooks, um MP3 player e sete extratos bancários.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ACIDENTE NA BR 135 NA COMUNIDADE DO FABIÃO2 EM ITACARAMBI DEIXA CASAL FERIDOS.

fotos whatsap Um acidente de carro envolvendo um veículo   de passeio e um caminhão aconteceu agora a tarde na BR 135 entre a comunidade do Fabião 2 e Itacarambi. No acidente ficou ferido um casal. O motorista do carro, foi removido num helicóptero para Hospital de Montes Claros. A moça ficou ferida mas não corre risco de morte. Aguardem outras informações. Por JPI

Pesquisadores tentam identificar animal encontrado morto em praia da Espanha

Especialistas da fauna marina estão trabalhando para identificar a carcaça de um animal encontrado em agosto, em uma praia de Almería, na Espanha. A criatura tem chifres e mede entre quatro e cinco metros de comprimento. De acordo com autoridades locais, o animal estava em estado de decomposição avançado, o que vem dificultando a identificação. As informações sobre a criatura foram compartilhadas com vários especialistas para tentar fazer a identificação.(r7)

Investigado por matar e atear fogo em corpo de mulher é preso pela Polícia Civil na zona rural de Jaíba

  A Polícia Civil prendeu um homem investigado por matar e colocar fogo no corpo de uma mulher em Itacarambi (MG). Ele foi encontrado em Mocambinho, zona rural de Jaíba (MG), nesta quinta-feira (18). O crime ocorreu em julho de 2020. Segundo a Polícia Civil, “ele teve efetiva participação no homicídio e estava foragido até então. No entanto, vinha fazendo graves ameaças de morte à menor que testemunhara o crime.” A investigação está sob responsabilidade da delegada Bruna Brito. No ano passado, o irmão do homem preso nesta quinta foi encontrado em Brasília (DF), onde permanece encarcerado. Ele era ex-namorado da vítima. Entenda o caso De acordo com a Polícia Civil, a vítima comemorava o aniversário quando o ex foi até a casa dela. Eles seguiram para a zona rural em um carro que era dirigido pelo irmão dele. Uma adolescente também estava com os três e presenciou os fatos. “No local, espancaram e abusaram da vítima, matando-a em seguida. Não bastasse, atearam fogo sobre o corpo