Duas toneladas de alimentos são apreendidas dentro de isopores em carroceria de caminhão

 Derivados de leite e carnes estavam sendo transportados no caminhão — Foto: Polícia Militar / Divulgação

A Polícia Militar de Meio Ambiente fez a apreensão de duas toneladas de alimentos em Unaí (MG) nesta segunda-feira (24). A carga apreendida seguia do Ceará para São Paulo, havia derivados de leite e carnes entre os produtos, que estavam sendo levados em isopores.

“Uma viatura de policiamento de Meio Ambiente passava próximo a uma loja que comercializa ferragens e verificou que o caminhão estava chegando nessa loja e que havia na carroceria algumas caixas de isopor”, fala o tenente Marco Paulo Dias Oliveira.

Diante da suspeita, foi feita a abordagem. Segundo o militar, a carga estava sendo transportada sem nota fiscal.

“O motorista passou em Unai para descarregar ferragens e iria continuar. A carga foi acondicionada na sexta-feira passada, ou seja, iria chegar em SP amanhã, é muito tempo”.

O tenente explica que a forma de acondicionamento dos produtos não estava correta. A carga era levada dentro de isopores. Por conta da situação, a Vigilância Sanitária foi acionada pela PM.

De acordo com as normas sanitárias, os produtos precisariam ter rótulos com informações sobre a procedência, origem, fabricação, entre outros aspectos.

Além disso, as regras estabelecem que a carga obrigatoriamente precisa ter nota fiscal e que o acondicionamento seja feito de forma a garantir a manutenção da qualidade dos produtos. Nesse caso, por exemplo, a refrigeração precisa estar conforme a temperatura para cada item transportado.

O tenente Marcos Paulo explica que a carga foi considerada imprópria para consumo, por isso, será destinado ao aterro sanitário.

O motorista foi preso em flagrante por crime contra as relações de consumo. Ele foi levado para a delegacia.

G1 GRANDE MINAS

Comentários