Homem é preso após matar idoso com golpes de marreta e enterrar corpo: 'Eram amigos e convidou a vítima para tomar um suco'

 

Um homem de 47 anos foi preso suspeito de matar um idoso, de 68, com golpes de marreta e enterrar o corpo em uma construção dentro de casa, em São Francisco, no Norte de Minas. Celson Conceição Souza estava desaparecido desde o dia 8 de fevereiro e o corpo foi encontrado nesta quinta-feira (18) após levantamentos das Polícias Civil e Militar.

“No momento da abordagem, o suspeito entrou em contradição e depois acabou confessando o crime. Os dois eram amigos e o homem contou que convidou o idoso para tomar um suco na casa dele, e aproveitou o momento de distração para agredi-lo com uma marreta de ferro. Assim que a vítima morreu, ele pegou o corpo e enterrou em um cômodo da casa, que estava sendo construído”, explicou o tenente Fábio Martins Marcelino.

De acordo com a nota enviada pela Polícia Civil, o homem também afirmou que o crime foi encomendado por uma pessoa que tinha uma dívida com a vítima.

“Pelo assassinato, o suposto mandante iria pagar uma quantia de R$ 50 mil. No entanto, a veracidade dessa motivação ainda é investigada. A Polícia Civil está apurando também o fato de que um dia após o desaparecimento da vítima, o autor teria tentado efetuar um empréstimo em seu nome”.

Ainda segundo a PC, o corpo do idoso estava em um buraco de aproximadamente um metro e foi retirado com auxílio de coveiros.

O suspeito foi indiciado pelos crimes de homicídio triplamente qualificado, “por motivo fútil, de forma cruel, o que dificultou a defesa da vítima”. Ele também irá responder por ocultação de cadáver e se condenado, a pena pode chegar a 30 anos de reclusão. Até a publicação desta reportagem, ele não tinha advogado de defesa.

A Polícia Civil esclareceu que a vítima e o suspeito não tinham registros criminais. As investigações continuam.

Veja mais notícias da região no G1 Grande Minas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pesquisadores tentam identificar animal encontrado morto em praia da Espanha

Investigado por matar e atear fogo em corpo de mulher é preso pela Polícia Civil na zona rural de Jaíba