Corpo de Bombeiros Militar encerra buscas a suposta vítima de afogamento no rio São Francisco em Januária.



Na data 07 (sete) de novembro de 2017, por volta das 19h00min, o Corpo de Bombeiros Militar da cidade de Januária, recebeu uma ligação telefônica via 193, para resgate de uma suposta vítima de afogamento (M.S.O.N, 59 anos) no Rio São Francisco, na ilha conhecida como “Malhadinha”, próximo ao distrito de Riacho da Cruz (fazenda Riacho Novo) a aproximadamente 30 km do município de Januária/MG. Segundo informações, ao desembarcar as margens do rio, com seu filho, a vítima percebeu que seu barco estava sendo levado pela correnteza, momento em que ao tentar resgatar seu barco, a nado, teria se afogado, desaparecendo nas águas do referido rio.
 Desde então, até a presente data, 17/11/2017, uma equipe deslocava todos os dias para o rio na tentativa de localizar e resgatar o corpo da referida vítima. 
 As guarnições de Bombeiros realizaram sucessivos mergulhos, deslocando aproximadamente 150 km do nascer ao pôr-do-sol dentro do rio, diariamente. Com uso de embarcação efetuaram buscas nas margens do rio São Francisco, informando pescadores e ribeirinhos sobre o ocorrido, mas apesar do grande esforço dos militares desta corporação nesta missão, infelizmente não obtiveram êxito.
 Na oportunidade, divulgaram o ocorrido na rádio e imprensa local, para que qualquer informação a respeito da suposta vítima fosse comunicado ao Corpo de Bombeiros através do telefone 193 e/ou com a Polícia Militar via 190. 
 Diante do exposto, o Corpo de Bombeiros de Januária informa que as buscas foram suspensas/ encerradas (totalizando 10 dias de buscas, aproximadamente 1.500 km percorridos durante as buscas). 
 Caso surja algum novo indício de sua localização, retornaremos novamente os trabalhos de buscas.
 Desde já deixamos nossas condolências e nossos profundos sentimentos à família, agradecemos a compreensão e colaboração de todos.
João Carlos Soares Aguiar, 2º Ten BM
Comandante do 2º Pel/Januária

Comentários