Parque Nacional Cavernas do Peruaçu reabre nesta quarta (13); veja como visitar

 

O Parque Nacional Cavernas do Peruaçu será reaberto a partir desta quarta-feira (13). Segundo as informações do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), a visitação ocorrerá mediante agendamento por email e com limite de público. O funcionamento ocorrerá de quarta a domingo, das 8h às 18h, sendo que horário máximo para entrada é as 14h.

O ICMBio reforça que está seguindo as medidas determinadas pelas autoridades de saúde para evitar a disseminação da Covid-19 e também destaca que alterações de funcionamento podem ocorrer em função da pandemia.

Conheça mais sobre o Parque Nacional Cavernas do Peruaçu

Criado em 1999, o parque tem área de 56.400 hectares e está localizado nos municípios de Januária, Itacarambi e São João das Missões. Além de apreciar a natureza, os visitantes podem contemplar a arte rupestre nos sítios arqueológicos.

Entre os atrativos estão a Trilha do Arco do André, Caminho da Gruta do Janelão, Caminho da Lapa Bonita e Lapa do Índio, Caminho da Lapa do Boquete, Caminho da Lapa dos Desenhos, Caminho da Lapa do Rezar, Caminhos da Lapa do Caboclo e Carlúcio.

A estrutura do local conta com trilhas, mirantes e passarelas. Para fazer a visita é preciso estar acompanhado por condutores ambientais treinados e credenciados pelo instituto. (Veja a lista de condutores autorizados).

A sede do Parque Nacional Cavernas do Peruaçu fica na comunidade do Fabião I, às margens da BR 135, KM-155. Para agendar as visitas o email é o cavernas.peruacu@icmbio.gov.br.

Veja orientações do ICMBio para a visitação:


- Informe-se sobre as distâncias e grau de dificuldade das trilhas.
- Observe as condições climáticas do dia da sua visita.
- Percorra as trilhas com calçados fechados, reforçados e confortáveis. Chinelos, sandálias e saltos não são recomendados para caminhadas em trilhas.
- Leve sempre protetor solar, chapéu, repelente, capa de chuva, água e um lanche.É recomendável portar lanternas, calça comprida e blusa de manga comprida.
- É obrigatório uso de máscara de proteção, ainda que artesanal, durante todo o período que estiver no interior do parque, sendo que a máscara deve estar cobrindo a região do nariz e boca .
- Respeitar o distanciamento mínimo de 2 metros entre as pessoas, de modo a evitar aglomerações.
- Beba muita água: a desidratação é uma causa comum de mal estar nas trilhas.
- Obedeça às normas do Parque Nacional mantendo-se nas trilhas sinalizadas.
- Atividades em ambientes naturais apresentam riscos, como: presença de animais peçonhentos, risco de perder-se, machucar-se, afogar-se, entre outros.
- Esteja preparado para as adversidades em caso de acidentes ou incidentes.
- O Parque não possui serviço de resgate. Não se arrisque!
- É obrigatória a contratação de um condutor de visitantes e o uso de capacete para acessar as grutas do Parque.

Por G1 GRANDE MINAS



Comentários