Rapaz morre afogado ao nadar em lagoa de empresa de mineração em Montes Claros

Vítima estava com um grupo de amigos na água quando não foi mais visto. (Foto: Eduardo Gomes/Arquivo Pessoal)
Um rapaz de 24 anos morreu após se afogar em uma lagoa de uma empresa de mineração, na tarde desse domingo (18), em Montes Claros. De acordo com o Corpo de Bombeiros, Wesley Davidson Souza Gonçalves foi encontrado a uma profundidade de 12 metros. Testemunhas contaram aos militares que um grupo de amigos estava nadando quando a vítima não foi mais vista. Uma médica do Samu esteve no local e atestou o óbito.
A empresa fica no Bairro Ibituruna e o local onde ocorreu o afogamento é conhecido como uma cava, que é um buraco formado pela mineração do calcário e fica preenchido em função das águas da chuva. O advogado da empresa, Wellington Cardoso, disse ao G1 que a propriedade é cercada e que possuía placas de proibição de entrada, mas que foram destruídas. O advogado afirmou, também, que há vigia no local, mas que constantemente ele é ameaçado por pessoas que querem entrar na propriedade.
A empresa onde ocorreu o afogamento está inativa e em processo de regularização ambiental desde 2015. O corpo do rapaz foi levado ao Instituto Médico Legal e as causas da morte serão confirmadas pela perícia.(g1 grande minas)
Buraco preenchido por água fica em propriedade particular e não é permitida entrada, sem autorização, diz empresa. (Foto: Eduardo Gomes/Arquivo Pessoal)


Comentários