Pular para o conteúdo principal

Polícia Civil investiga esquema de venda de diplomas falsos em Pirapora e Buritizeiro


Diversos diplomas falsificados foram apreendidos (Foto: Polícia Civil/Divulgação)
A Polícia Civil investiga um esquema venda de diplomas falsificados em Pirapora e Buritizeiro, no Norte de Minas. Três pessoas já foram presas por envolvimento na fraude. Um dos presos é um supervisor escolar, de 36 anos, que foi flagrado falsificando históricos escolares dentro de uma escola estadual, em Buritizeiro.
"Ele cobrava cerca de R$ 150 por histórico e confessou ter falsificado cerca de 12 diplomas. Este autor foi preso em flagrante e permanece no Presídio de Pirapora", explica o delegado Jéferson Leal.
Segundo o delegado, os documentos falsificados eram do ensino fundamental e médio, e foram emitidos para pessoas que precisavam comprovar a escolaridade em exame seletivo de empresas privadas e órgãos públicos da região. A PC informou ainda que com o suspeito foram apreendidos diversos históricos falsificados e carimbos usados nos crimes. "O que chama a atenção é que este homem possui um excelente currículo. Atualmente ele é mestrando na área de educação", diz o delegado.
As outras duas pessoas detidas, segundo as investigações, são mãe e filha, de 65 e 26 anos. "As duas confessaram ter falsificado mais de 30 diplomas. Elas cobravam em média R$ 500 por documento. Vale ressaltar que a mãe é diretora escolar aposentada e aproveitava seus conhecimentos para falsificar os diplomas. A filha atuava como meio de ligação com os compradores. Elas foram ouvidas e liberadas".
A polícia acredita que mais de 100 documentos foram falsificados nas duas cidades. O delegado explica que as investigações buscam identificar todos os compradores, que podem pegar de dois a seis anos de prisão. "Sabemos que um dos compradores tentou o concurso público da PM da Bahia. Inicialmente, sabemos que muitos usaram os documentos falsos para assumirem cargos públicos, mas tem muita gente contratada por empresas privadas. Então, fica o alerta para que o contratante verifique a veracidade dos documentos apresentados". G1 procurou a Secretaria de Estado de Educação para apurar qual medida será adotada em relação ao supervisor que foi preso, mas o órgão ainda não se posicionou.
 (G1 GRANDE MINAS)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ACIDENTE NA BR 135 NA COMUNIDADE DO FABIÃO2 EM ITACARAMBI DEIXA CASAL FERIDOS.

fotos whatsap Um acidente de carro envolvendo um veículo   de passeio e um caminhão aconteceu agora a tarde na BR 135 entre a comunidade do Fabião 2 e Itacarambi. No acidente ficou ferido um casal. O motorista do carro, foi removido num helicóptero para Hospital de Montes Claros. A moça ficou ferida mas não corre risco de morte. Aguardem outras informações. Por JPI

Pesquisadores tentam identificar animal encontrado morto em praia da Espanha

Especialistas da fauna marina estão trabalhando para identificar a carcaça de um animal encontrado em agosto, em uma praia de Almería, na Espanha. A criatura tem chifres e mede entre quatro e cinco metros de comprimento. De acordo com autoridades locais, o animal estava em estado de decomposição avançado, o que vem dificultando a identificação. As informações sobre a criatura foram compartilhadas com vários especialistas para tentar fazer a identificação.(r7)

Menores são detidos com moto roubada em Itacarambi; vítima foi encontrada ferida no sofá de casa

  Dois adolescentes, de 13 e 14 anos, foram apreendidos por ato infracional análogo ao crime de roubo em Itacarambi (MG) nesta quinta-feira (5). Segundo a Polícia Militar, a vítima do roubo é um homem, que foi encontrado dentro de casa com ferimentos graves, deitado no sofá. A PM foi chamada por guardas noturnos que suspeitaram dos menores ao se depararem com uma moto abandonada perto de onde eles estavam. Ao serem questionados, os jovens disseram que estavam fugindo de uma pessoa que teria abandonado o veículo após persegui-los. Os policiais fizeram a consulta da placa e descobriram que a moto não tinha queixa de roubo/furto e pertencia a um morador do Centro. Os adolescentes confirmaram que pegaram o veículo e disseram ainda que estavam na casa do homem e o agrediram com tijoladas na cabeça porque ele teria tentado abusar sexualmente deles. O celular da vítima também estava com eles. Em seguida, os militares foram até a residência do homem, onde o encontraram ferido no sofá. Al