Mais de 100 cidades mineiras estão em situação de emergência por causa da seca


Montes Claros, no Norte de Minas Gerais, está entre os 107 municípios que decretaram situação de emergência por causa da seca.  — Foto: Fábio Marçal/ Arquivo pessoal
A estiagem que atinge o Norte de Minas Gerais e os vales do Jequitinhonha e Mucuri fez com que 107 cidades decretassem situação de emergência, segundo balanço divulgado nesta segunda-feira (15) pela Defesa Civil Estadual. Não chove na região há mais de três meses, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia.
Onze municípios atendidos pela Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) foram obrigados a implementar rodízios de abastecimento de água. São eles:
Águas Vermelhas
Arcos
Campo Azul
Campos Gerais
Capitão Enéas
Divisa Alegre
Fernandes Tourinho
Pedra Azul
Sardoá
Taiobeiras
Tumiritinga
A frente fria que se aproxima do estado e vem causando chuva na Região Central de Minas Gerais deve chegar no Norte e nos vales do Mucuri e Jequitinhonha nos próximos dias. Porém, não será suficiente para aliviar o problema. Segundo o Inmet, a situação só deve melhorar a partir de novembro.
O Ministério da Integração Nacional reconheceu a situação de emergência em 83 municípios mineiros. As últimas cidades a serem incluídas nesta lista foram Jequitinhonha e Comercinho. A medida permite que a União destine recursos para iniciativas de abastecimento como caminhões-pipa e implantação de adutoras.
(G1 GRANDE MINAS)

Comentários