Idoso é indiciado por estuprar e engravidar neta deficiente na zona rural de Indaiabira


Resultado de imagem para foto viatura policial mg
Um idoso de 72 anos foi indiciado pela Polícia Civil de Taiobeiras por estupro de vulnerável nesta segunda-feira (12). Segundo informações da PC, o homem foi preso no último dia 31 de outubro por ter estuprado e engravidado a neta dele na zona rural de Indaiabira. A jovem de 21 anos é portadora de deficiência intelectual, de acordo com a PC, e teria sido abusada pelo avô enquanto a mãe dela fazia tratamento contra um câncer em Montes Claros.
A Polícia Civil informou que a vítima passou por exames e está grávida de aproximadamente três meses. A suspeita é de que os abusos aconteciam há cerca de um ano em um matagal entre a casa do autor e da vítima; segundo a PC, as duas residências ficam na mesma propriedade rural. Em depoimento, o idoso disse à polícia que a neta deficiente consentiu e que eles teriam trocado apenas carícias.
Ainda de acordo com a PC, a jovem tem dificuldades de comunicação e não soube ao certo explicar como se deram os abusos. A família informou à PC que a vítima tinha hábito de ficar com os avós e que não tinha ciência do crime. O homem de 72 anos segue detido no Presídio de Taiobeiras.
Por G1 Grande Minas

Comentários