Mulher sofre traumatismo craniano ao ser espancada por homem enquanto passava por rua em Espinosa


Uma mulher de 45 anos foi encaminhada para a Santa Casa de Montes Claros na manhã desta quinta-feira (10) por ter sido vítima de um espancamento em Espinosa durante a madrugada. Segundo a Polícia Militar, ela passava pela Rua Pompílio de Almeida quando foi surpreendida por um homem que a derrubou a pontapés. O suspeito das agressões, de 29 anos, teria ainda golpeado a mulher com vários socos no rosto e na cabeça.
A PM informou ainda que o suspeito interrompeu as agressões quando moradores que presenciaram o crime o tiraram de cima da vítima e bateram nele. A mulher foi levada ao hospital de Espinosa por terceiros. No local, o médico de plantão acionou a polícia. Os militares fizeram rastreamento para localizar o autor do crime; o suspeito foi encontrado na casa onde mora com escoriações pelo corpo e pequenos cortes no couro cabeludo, causados pelas agressões dos populares.
O homem foi levado ao hospital de Espinosa durante a madrugada e recebeu alta horas depois. A PM informou que ele foi encaminhado à delegacia de Janaúba. A mulher precisou ser transferida pelo Samu para Montes Claros devido à gravidade dos ferimentos; ela teve um traumatismo craniano. Até esta publicação, o Hospital Santa Casa não divulgou o estado de saúde dela.
A PM informou ao G1 que o suspeito tem duas passagens pelos crimes de injúria e dano a patrimônio público. As razões pelas quais ele teria batido na vítima não foram esclarecidas; segundo a PM, não há grau de relacionamento entre o suspeito e a mulher agredida. A Polícia Civil deve investigar o crime.(G1 GRANDE MINAS)


Comentários