MORRE O ÍCONE DO JORNALISMO BRASILEIRO


Faleceu nesta segunda-feira, dia 11, Ricardo Boechat jornalista e radialista da Band. O âncora estava em um helicóptero que caiu na rodovia Anhaguera, São Paulo.
As informações iniciais é que a aeronave foi perdendo força e colidiu com um caminhão que passava pela via no momento da queda.
Além da morte de Boechat, o Corpo de Bombeiros também confirmou os óbitos do piloto e copiloto que morreram carbonizados.
Um motorista que passava pelo local contou a "BandNews" que viu a aeronave perdendo altura.
"A aeronave foi perdendo altura e foi direcionando justamente para o espaçamento do Rodoanel, onde há aquela vazão da pista debaixo. Então, percebi que ele foi perdendo altura. Pensei que fosse um pouso. Como estava muito rápido, a gente percebeu que era uma queda. Rapidamente surgiu muita fumaça escura", disse.
O helicóptero caiu sobre um caminhão por volta do meio-dia, pouco abaixo do quilômetro 7 do viaduto do Rodoanel, no sentido rodovia Castelo Branco.
Ricardo, que tinha 66 anos, atualmente era âncora do "Jornal da Band" e da "BandNews FM". Também mantinha uma coluna semanal na revista "Isto É".
Ele passou pelos principais jornais do país "O Globo", "O Dia", "O Estado de S. Paulo" e "Jornal do Brasil". Era muito conchecido pelas suas críticas e pela forma como expunha sua opinião sem medo de retaliações.( www.kboing.com.br)
O jornalista ganhou três prêmios "Esso" e foi o único jornalista a vencer em três categorias do Prêmio Comunique-se  (Âncora de Rádio, Colunista de Notícia e Âncora de TV).


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TRAGÉDIA NA BR 135 EM ITACARAMBI, DUAS VÍTIMAS FATAIS.

DOIS HOMICIDIOS EM MENOS DE 24 HORAS EM ITACARAMBI.

HOMICÍDIO EM ITACARAMBI NA QUARTA-FEIRA DE CINZA