Pular para o conteúdo principal

Homem suspeito de estuprar enteada de 10 anos, em Grão Mogol, é preso pela Polícia Civil


Homem pode cumprir de oito a 15 anos, se condenado pelo estupro da enteada — Foto: Sarah Thomé/Inter TV Grande Minas

A Polícia Civil cumpriu mandado de prisão de um homem de 26 anos, nessa segunda-feira (17), suspeito de estuprar a enteada de 10 anos, na zona rural de Grão Mogol; o homem responderá por crime de estupro de vulnerável e pode cumprir pena de oito a 15 anos de prisão.
De acordo com a Polícia Civil, a mãe da menina procurou o Conselho Tutelar e a Polícia Militar no dia 10 de junho, após receber uma carta de sua filha mais velha, relatando os abusos que sofria do padrasto, e pedindo para que elas fugissem da casa onde moravam com o homem.
Segundo as investigações, os abusos começaram há cerca de dois anos, quando a mãe das duas meninas, uma de 10 e outra de oito anos, foi morar com o companheiro em uma fazenda onde ele trabalhava, na zona rural de Grão Mogol. Porém, teriam se intensificado em janeiro deste ano.
A mãe da criança saía para trabalhar ou visitar parentes, deixando as filhas em casa com o padrasto. Ele trabalhava cuidando da fazenda e ficava em casa cuidando das meninas. Quando a mãe descobriu, conversou com o marido, que confirmou os fatos e chorou muito, segundo a polícia. A mãe pegou as duas meninas e foi para casa de parentes.
De acordo com o delegado da Polícia Civil, foi feito um exame de corpo de delito na vítima, e não houve rompimento do hímen. Porém foram constatadas lesões na vagina, confirmando o estupro de vulnerável, que aconteceram sucessivamente.
“No primeiro momento ele observava a criança tomando banho e trocando de roupa. Depois, começou a assistir televisão com a menina, e colocou a mão dentro dos shorts, apertando a vagina da vítima. No último abuso, o homem levou a menina de 10 anos para o quarto, tirou os shorts que ela vestia e acariciou suas partes íntimas com a mão e com a boca”, diz o delegado Alberto Tenório Cavalcante Filho.
O estuprador foi encontrado na casa da mãe dele, na zona rural de Grão Mogol. Se condenado pode pegar de oito a 15 anos de prisão. Nesta terça-feira (18), ele negou os fatos no depoimento e permaneceu em silêncio durante a coletiva da Polícia Civl.
*Sob supervisão de Adriana Lisboa


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ACIDENTE NA BR 135 NA COMUNIDADE DO FABIÃO2 EM ITACARAMBI DEIXA CASAL FERIDOS.

fotos whatsap Um acidente de carro envolvendo um veículo   de passeio e um caminhão aconteceu agora a tarde na BR 135 entre a comunidade do Fabião 2 e Itacarambi. No acidente ficou ferido um casal. O motorista do carro, foi removido num helicóptero para Hospital de Montes Claros. A moça ficou ferida mas não corre risco de morte. Aguardem outras informações. Por JPI

Pesquisadores tentam identificar animal encontrado morto em praia da Espanha

Especialistas da fauna marina estão trabalhando para identificar a carcaça de um animal encontrado em agosto, em uma praia de Almería, na Espanha. A criatura tem chifres e mede entre quatro e cinco metros de comprimento. De acordo com autoridades locais, o animal estava em estado de decomposição avançado, o que vem dificultando a identificação. As informações sobre a criatura foram compartilhadas com vários especialistas para tentar fazer a identificação.(r7)

Menores são detidos com moto roubada em Itacarambi; vítima foi encontrada ferida no sofá de casa

  Dois adolescentes, de 13 e 14 anos, foram apreendidos por ato infracional análogo ao crime de roubo em Itacarambi (MG) nesta quinta-feira (5). Segundo a Polícia Militar, a vítima do roubo é um homem, que foi encontrado dentro de casa com ferimentos graves, deitado no sofá. A PM foi chamada por guardas noturnos que suspeitaram dos menores ao se depararem com uma moto abandonada perto de onde eles estavam. Ao serem questionados, os jovens disseram que estavam fugindo de uma pessoa que teria abandonado o veículo após persegui-los. Os policiais fizeram a consulta da placa e descobriram que a moto não tinha queixa de roubo/furto e pertencia a um morador do Centro. Os adolescentes confirmaram que pegaram o veículo e disseram ainda que estavam na casa do homem e o agrediram com tijoladas na cabeça porque ele teria tentado abusar sexualmente deles. O celular da vítima também estava com eles. Em seguida, os militares foram até a residência do homem, onde o encontraram ferido no sofá. Al