Itacarambi tem semifinalista na Olimpíada de Língua Portuguesa


A estudante Sofia Pimenta Alquimim Costa, da Escola Municipal Noeme  Sales Nascimento, sob a direção de Marinaldo Carvalho de Souza e Keila Alves Ferreira está na semifinal da 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa. A aluna, orientada pela professora Eliene Dionísia Moura Sousa, concorre no gênero crônica. Nesta etapa a estudante e a professora viajarão juntas para São Paulo, onde participarão de atividades culturais e formativas.
A Olimpíada é um concurso de produção de textos para alunos de escolas públicas de todo o país. Iniciativa do Ministério da Educação e do Itaú Social, com coordenação técnica do CENPEC, a Olimpíada integra as ações desenvolvidas pelo Programa Escrevendo o Futuro.
O tema das produções é “O lugar onde vivo”, que propicia aos alunos estreitar vínculos  com a comunidade e aprofundar o conhecimento sobre a realidade local, contribuindo para o desenvolvimento de sua cidadania.
O município de Itacarambi participa da Olimpíada desde 2008 e pela segunda vez tem representante na etapa semifinal. A coordenação local é realizada pela Secretaria Municipal de Educação, que, no ensejo, parabeniza a professora e a aluna pelo trabalho desenvolvido.
 Mais uma vez, nosso município se destacando, parabéns a aluna Sofia e toda equipe da Escola Municipal Noeme Sales Nascimento. Vamos torcer por vocês.
Por Ascom da prefeitura


A imagem pode conter: 3 pessoas, atividades ao ar livre
A imagem pode conter: 1 pessoa, bicicleta e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: 6 pessoas

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Governo Federal anuncia que vai asfaltar trecho da BR 135 entre Itacarambi, São João das Missões e Manga

Família morta em acidente no Vale do Jequitinhonha é enterrada em Paulínia

Ônibus de turismo que seguia de Itacarambi/MG, com destino a cidade de Carapicuíba/SP, sofre acidente na MG170 e deixa 11 feridos.

Acidente entre duas carretas e um carro na BR-251 deixa pelo menos um morto e outros sete feridos

Moradores de Itacarambi reclamam de ossos e outros restos orgânicos de animais que algumas pessoas têm jogados na estrada do Russinho