Corpo é encontrado dentro de carro submerso em córrego na MGC-135; veículo pertence a PM desaparecido

Veículo caiu no rio pela lateral da rodovia porque não há marcas de choque na estrutura de proteção da ponte, segundo os bombeiros (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Polícia Militar Rodoviária e os bombeiros encontraram um carro submerso com um corpo dentro no córrego sob a Ponte do Rio Ipueira, a cinco quilômetros de Januária, na tarde dessa quarta-feira (21). O veículo pertence a um policial militar que está desaparecido desde o último sábado (17) e o corpo encontrado preso às ferragens ainda não foi identificado. Segundo os bombeiros, os trabalhos para retirada da vítima e do veículo continuam com a ajuda de um guincho, nesta quinta-feira (22, após o tempo de chuvas se estabilizar. As causas do acidente serão investigadas.
"Quando chegamos ao local, usamos equipamento de mergulho com cilindro e foi possível confirmar que havia um corpo dentro do carro, mas não foi possível enxergar detalhes, nem posição [banco do motorista], por conta da água turva. Também, não foi possível retirá-lo, já que estava preso. O carro estava submerso cerca de quatro metros e encontrava-se na posição de capotado, com as quatro rodas para cima", explicou o sargento dos bombeiros, Adalberto Rodrigues. Os militares permaneceram no local até o início da noite. O para-choque, com a placa dianteira, foi localizado preso às plantas na superfície da água.
Os bombeiros chegaram ao local depois que a Polícia Militar Rodoviária encontraram rastros de carro na vegetação às margens da MGC-135, próximo a ponte, inclusive com placas de sinalização soltas e danificadas.
"A altura da queda é entre 18 e 20 metros. Foi possível apurar que o condutor seguia sentido Pedras de Maria da Cruz a Januária e o carro estava caído no lado direito da ponte. O condutor caiu no rio pela lateral da estrada porque não havia marcas de batida na mureta", complementou. O local exato do acidente é no km 206.
Desaparecimento
Em nota, a Polícia Militar informou que um boletim de ocorrência foi registrado com o desaparecimento de Elton Martins da Rocha, de 58 anos, sargento reformado da Corporação. Ele é natural de Mirabela e morava em Montes Claros. Na nota, consta que o militar saiu de Montes Claros para Pedras de Maria da Cruz, no sábado (17), acompanhado por um irmão e três amigos. Ainda no sábado, por volta de 15h, Elton comunicou ao irmão que participaria de um culto em uma igreja evangélica, em Januária. Ele saiu de carro e não retornou.
"Buscas foram feitas no Sistema de Videomonitoramento da Polícia Militar Rodoviária, na MGC-135, entrada de Januária, mas não foi constatada a passagem do veículo do militar pelo local, que seguia sentido Januária”, diz a PM.(g1 grande minas)












Comentários