Cavalo encontrado morto dentro de córrego usado para captação de água em Montes Claros é retirado por moradores


Cavalo morto está em córrego que é um dos pontos de captação de água da Copasa — Foto: Renata Aparecida Gomes./Arquivo Pessoal
O cavalo encontrado morto, já em estado decomposição, dentro de um córrego na zona rural de Montes Claros, foi retirado na manhã desta quinta-feira (20) por moradores da comunidade de Rebentão dos Ferros. A situação foi denunciada nessa quarta (19) e os moradores estavam preocupados com a qualidade da água no local; a região é de captação de água da Copasa.
Em contato com o G1, uma das proprietárias da fazenda onde o córrego passa, que preferiu não se identificar, afirmou que ficou sabendo da situação na noite dessa quarta (19). O local fica próximo a várias fazendas de uma mesma família. "Ficamos sabendo ontem, foi um susto. O cavalo foi retirado pelos caseiros da propriedade e os restos do animal foram enterrados". Dois caseiros fizeram a retirada dos restos do animal.
inda segundo a proprietária, o cavalo era da família e estava sumido há alguns dias. Moradores da localidade chegaram a relatar que o animal pertencia a um idoso de 86 anos, que não tinha condições de retirá-lo da água. A água do local é usada para atividades nas fazendas.
Em nota nessa quarta (19), a Copasa afirmou que assim que tomou conhecimento do fato, informalmente, intensificou o monitoramento da água captada no local. "Após as análises de amostras, a Companhia constatou que não houve alteração na qualidade da água". G1 grande minas

Comentários