VEJA ÀS NOTÍCIAS DA SEMANA, DE GRANDE REPERCUSSÃO.


Presidente da Câmara assume interinamente cargo de prefeito em Pirapora
 Presidente da Câmara durante posse como prefeito interino  — Foto: Reprodução/Inter TV Grande Minas
O presidente da Câmara de Vereadores de Pirapora, Anselmo Caires (PSB), assumiu interinamente o cargo de prefeito da cidade. Anselmo Caires tomou posse na tarde desta quarta-feira (3) em uma reunião na Câmara após decisão da Tribunal Regional Eleitoral (TRE) que cassou a chapa que venceu o pleito de 2016 por abuso de poder econômico.
A chapa era composta por Marcella Ribas Fonseca (PSD) e o vice Orlando Pereira de Lima (DEM). A decisão foi publicada no Diário do Judiciário Eletrônico do TJMG desta quarta-feira. Eles podem recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
Mesmo com a posse do novo prefeito, a prefeitura afirma que ainda não foi notificada oficialmente da cassação da prefeita e do vice. O TRE diz que ainda não há definição da data das novas eleições municipais.
O advogado Fidelis Moraes, que defende a chapa de Marcella Ribas, afirmou estar ciente da publicação do acórdão e disse que irá recorrer ao TSE. "Esta é uma situação tranquila de se resolver. Temos a confiança de que vamos resolver rapidamente e ter um resultado diferente do que se teve agora. Logo a prefeita irá retornar ao cargo para terminar seu mandato".
Entenda o caso
Marcela havia sido condenada em primeira instância por uso indevido dos meios de comunicação social. Em dezembro de 2018, o TRE cassou, por cinco votos a um, os mandatos da prefeita e do vice por abuso de poder econômico nas eleições de 2016.
O TRE disse, na ocasião, que foram constadas outras condutas irregulares, como "distribuição de cartas falsas dois dias antes do pleito, lançamento de candidatura de inelegível para posterior substituição pela chapa impugnada, contratação excessiva de cabos eleitorais e compra indireta de votos.
A decisão foi baseada em uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) e em uma Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (Aime), propostas pela coligação "Mãos Limpas", que foi derrotada durante as eleições de 2016.
Cegonheira transportando 11 carros de passeio bate em carreta e capota na MG-122, em Espinosa
 Cegonheira tombou na lateral da pista após bater em carreta  — Foto: Polícia Militar Rodoviária/Divulgação
Uma cegonheira, transportando 11 carros de passeio, capotou na rodovia MG-122, próximo a Espinosa, após colidir contra uma carreta na tarde desta quarta-feira (3). Segundo a Polícia Militar, o acidente ocorreu na altura do km 25 e o motorista do caminhão cegonha alegou ter dormido ao volante, provocando a colisão na pista; não houve vítimas fatais.
Ainda de acordo com a PM, o motorista da cegonheira tinha acabado de fazer uma curva e como dormiu ao volante, acabou entrando na contramão da rodovia. O caminhão bateu no retrovisor e rodas traseiras da carreta que vinha no sentido contrário. Um carro de passeio que vinha atrás da carreta foi atingido por estilhaços de pneu; a motorista conseguiu escapar do acidente ao perceber que a cegonheira estava descontrolada.
O motorista da cegonheira sofreu escoriações leves e foi socorrido pela equipe do Samu, que prestou os primeiros socorros e encaminhou o homem para o hospital da cidade. O condutor da carreta não teve ferimentos e ajudou no socorro.
De acordo com a PM, o motorista do caminhão cegonha, apesar de ter se declarado, não vai ser multado por dormir ao volante por não ter sido flagrado praticando a ação.
(G1 GRANDE MINAS)




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Homem engravida filha órfã de 11 anos que vivia sob ameaça: 'Se eu for para a cadeia, você vai ficar sem mãe e pai'

Conselho de pastores realizou neste sábado em Itacarambi, show gospel com banda "Manancial" e cantores regionais.

O DIA DO DIRETOR ESCOLAR É COMEMORADO PELOS PROFESSORES DO JOSEFINO BARBOSA

PREFEITURA DE ITACARAMBI INTENSIFICA LIMPEZA GERAL NA CACHOEIRA QUE ESTÁ SECA DEVIDO À ESTIAGEM.

REFORMA GERAL NAS INSTALAÇÕES DO PARQUE DE EXPOSIÇÃO DE ITACARAMBI, OBRA AVALIADA EM QUASE MEIO MILHÃO DE REAIS.