Itacarambi, “A PEDRA DE DUAS FACES”, é a segunda cidade do Norte de Minas a conquistar 'Selo + Turismo'.


FOTOS:EUMAR FELIX e VAILTON FERREIRA
”Somente 67 cidades no Brasil possuem o selo; inclusive a  primeira cidade do norte de minas que conquistou esse  selo  foi Mirabela, essa conquista levará mais visibilidade para o turismo da cidade””.
Localizado na região do Alto Médio São Francisco, Itacarambi oferece muitos atrativos para o lazer e práticas esportivas. Tem a agropecuária como base de sua atividade econômica, com cultivo de algodão e cereais. O gado é destinado ao corte e a produção de leite evidenciando o potencial da região para o turismo rural. Praias fluviais, pescaria e grutas também são exemplos dos belíssimos pontos turísticos do município. Possui um complexo científico e cultural de importância mundial, o Vale do Peruaçu, que abriga uma fauna típica da região, com destaque para várias aves e outros animais raros e ameaçados de extinção.                                                                        
O Vale do Peruaçu abrange cerca de 140 mil hectares, está situado na margem direita do São Francisco e conta com grutas e cavernas. Dentro do Município se encontra a Perna da Bailarina, a maior estalactite do mundo, está localizada no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu – MG, com 28 metros de comprimento, que atrai o interesse de visitantes de todo o país.   O PRODETUR é um Programa do Ministério do Turismo, que visa contribuir para a estruturação dos destinos turísticos brasileiros, pelo fomento ao desenvolvimento local e regional, por meio de parcerias com estados e municípios. A ideia é incorporar elementos de planejamento e gestão para qualificar as propostas locais alinhando tais iniciativas às políticas nacionais de turismo.                                                                                                                                                                 O Programa possui, como diferencial, o apoio aos entes públicos e setor privado do turismo no acesso a recursos provenientes de financiamentos nacionais e internacionais, cujos projetos estejam pautados por prévios processos de planejamento dos territórios priorizados, que objetivem diagnosticar os fatores relacionados à competitividade das áreas turísticas no mercado nacional e internacional e ao impacto econômico e social para a população local.                           
 Ao nome PRODETUR é incorporado o SELO +Turismo, originando a marca PRODETUR+Turismo que identifica e qualifica as ações priorizadas, como indutoras do desenvolvimento do turismo nacional, estruturando destinos e fortalecendo produtos e equipamentos turísticos, sendo gerador de mais empregos, mais renda e mais inclusão social, de forma sustentável.                                    
Além de um reconhecimento e visibilidade, o selo também irá levar benefícios disponibilizados pelo Ministério de Turismo, como por exemplo, mais facilidade para conseguir recursos de financiamentos nacionais e internacionais para apoiar a execução de projetos que promovam o turismo do município.
Sobre o Selo + Turismo
Disponibilizado pelo Programa do Ministério do Turismo - Prodetur, o Selo + Turismo tem como objetivo apoiar e assistir cidades do Brasil que integram o mapa do turismo no país. Uma forma de gerir e estruturar destinos turísticos brasileiros, a visibilidade do selo levará mais empregos, renda e inclusão social, segundo o agente de desenvolvimento.                                                                          
O programa possui como diferencial o apoio a organizações tanto públicas quanto privadas, que buscam investir no setor turístico. O Prodetur contribui com o desenvolvimento econômico do turismo nacional, fortalecendo municípios que são destinos de turistas de diversos continentes e de municípios que podem vir a possuir um forte setor turístico.                                                                         
 De acordo com a Agente de Desenvolvimento e responsável pela Coordenadoria de Turismo do município, Cláudia Seixas, pode ser feito financiamento de até o valor de R$ 10 milhões, com três anos de carência e até 20 anos pra pagar, juros de 7% ao ano. O MinTur trabalha com um orçamento de R$ 400 milhões por ano, mas tem proposta de mais de R$ 5 bilhões. No Brasil, 66 cidades são detentoras do selo.                                                                                                                
  A cidade de Itacarambi hoje possui o Plano Municipal de Turismo e um Conselho Municipal de Turismo (COMTUR) atuante, esta no Mapa de regionalização, e em breve será inaugurada o CAT Centro de Atendimento ao Turista, instrumento obrigatório para se pleitear o Selo + Turismo.  A cidade integra a Associação do Circuito Turístico Velho Chico,  e tem o SEBRAE como um parceiro forte e  atuante que tem nos ajudado a chegar onde chegamos ,Claudia seixas acrescenta ainda que sua equipe mesmo pequena  tem trabalhado incansavelmente para fazer o diferencial no Turismo  e agradece imensamente a Prefeita Nívea Maria e sua Equipe Marília Ramos  e Edcarla Ferreira de Souza, Aline Magalhães (SEBRAE) e ao COMTUR  por acredita no trabalho desta coordenadoria .
POR ASCOM DA PREFEITURA


















         PARQUE NACIONAL DAS CAVERNAS DO PERUAÇU



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ao ouvir gritos de socorro, rapaz defende mãe que estava sendo esfaqueada pelo pai em Mirabela

CASAL COMEMORA 50 ANOS DE CASADOS EM ITACARAMBI

Adolescentes matam garoto com enxada e transportam corpo em carroça para enterrar em matagal, diz Polícia Civil

Prefeitura de Itacarambi e Defesa Civil Municipal estão em alerta por eventual temporal nas 24 horas

Prefeita visita obra no Parque de Exposições em Itacarambi