Prefeitura de Montalvânia monitora caso de idosa de 102 anos que apresentou tosse e dificuldades para respirar


A Prefeitura de Montalvânia (MG) divulgou nesta sexta-feira (27) que acompanha o caso de uma idosa de 102 anos que apresentou tosse e dificuldades para respirar. Ela está entre os 13 casos suspeitos de Covid-19 monitorados pela Secretária de Saúde do município. Cinco constam no boletim do Estado.
De acordo com informações da assessoria de comunicação, a idosa é moradora do Centro da cidade e nunca apresentou os sintomas, que teve nesta sexta, anteriormente. Ela também não tem doenças como hipertensão e diabetes. A centenária permanece isolada e aguarda para fazer o teste que pode confirmar ou não se foi infectada.
Além dela, a Prefeitura passou a monitorar nesta sexta a situação de três pessoas de uma mesma família; uma mulher de 36 anos, uma criança de oito e um bebê de sete meses. Elas foram atendidas em uma unidade de saúde do Centro.
Houve ainda o registro de outro caso considerado suspeito, que também é de um bebê de seis meses, atendido no PSF do distrito de Pitarana.
A mulher e as crianças estão em isolamento domiciliar e são acompanhadas pelas equipes do município.
Outros casos
A Prefeitura afirmou ainda que monitora dois pacientes, que deram entrada no Hospital Cristo Rei nesta quinta-feira (26). Um idoso de 77 anos, de Juvenília (MG), e uma criança de três anos, de Montalvânia. Eles permanecem internados e em isolamento.
Um homem de 55 anos, que também é oriundo de Juvenília, permanece na mesma unidade hospitalar.
Há ainda outros cinco casos identificados no Distrito de Pitarana, que estão em isolamento domiciliar.
Fonte G1 GRANDE MINAS

Comentários