VEJA A SITUAÇÃO DO COVID-19(CORONAVÍRUS) EM ITACARAMBI E NAS CIDADES DO NORTE DE MINAS


Felixlândia: Oito casos constam no boletim do Estado. Três pacientes são funcionários de uma empresa de reflorestamento e um deles viajou para Belo Horizonte recentemente. Todos estão em isolamento domiciliar.
Formoso: Um caso aparece no boletim do Estado.
Grão Mogol: Um caso aparece no boletim do Estado.
Guaraciama: Um caso aparece no boletim do Estado.
Ibiracatu: Um caso aparece no boletim do Estado.
Icaraí de Minas: Dois casos aparecem no boletim do Estado. Um deles é um paciente idoso que está internado no CTI do Hospital Universitário, em Montes Claros.
Indaiabira: A Secretaria Municipal de Saúde diz que investiga cinco casos suspeitos. Cinco já aparecem no boletim do Estado.
Inimutaba: A Prefeitura monitora dois casos suspeitos, quatro constam no boletim do Estado.
Itacarambi: Quatro casos são monitorados pela Prefeitura e três casos aparecem no boletim do Estado. Segundo o município, os pacientes estão em isolamento domiciliar.
Jaíba: A Prefeitura monitorava quatro casos, mas dois foram descartados. No entanto, sete casos aparecem no boletim do Estado.
Janaúba: A Prefeitura afirma que tem 25 casos sendo investigados e um já foi descartado; 23 aparecem no boletim do Estado. Oito casos foram noticiados pelo G1.
Januária: Subiu para 15 o número de casos investigados em Januária pela Secretaria Municipal de Saúde. Quinze aparecem no boletim do Estado.
Japonvar: Dezoito casos estão sendo investigados pelo município. Dois são uma criança e um idoso que viajaram para Belo Horizonte; eles coletaram amostras para exames. Todos os pacientes estão em isolamento domiciliar. Vinte e três casos constam no boletim do Governo de MG.
Jenipapo de Minas: Um caso aparece no boletim do Estado.
Jequitaí: A Prefeitura informou que tinha um caso suspeitos e que foi descartado. Trata-se de um homem de 30 anos, que viajou para o Distrito Federal, mas ele segue sendo monitorado pela equipe de saúde. Dois casos aparecem no boletim do Estado e, de acordo com o secretário de Saúde, pode ser de um morador do município que apresentou os sintomas da Covid-19 de outra localidade.
Joaquim Felício: Um caso está sendo investigado.Trata-se de uma criança de 5 anos que viajou com a família para os EUA, e apresentou febre e dor de garganta. Ele está em isolamento domiciliar. O caso aparece no boletim do Estado.
Juvenília: A Secretaria Municipal de Saúde investiga três casos suspeitos. Um deles é de um homem, de 49 anos, que está internado no hospital de Montalvânia.
Leme do Prado: A Prefeitura informou que monitora o caso de uma pessoa que apresentou sintomas gripais após retornar de Belo Horizonte. A idade e o sexo estão sendo mantidos em sigilo, o município informou ainda que a pessoa permanece em isolamento domiciliar e recebe assistência da Secretaria de Saúde. Um caso aparece no boletim do Estado.
Lontra: Três casos aparecem no boletim do Estado.
Luislândia: Um caso aparece no boletim do Estado.
Mato Verde: A Secretaria Municipal de Saúde monitora dois casos suspeitos. Os pacientes já coletaram amostras para exames e aguardam o resultado. Os casos aparecem no boletim do Estado.
Manga: Três casos aparecem no boletim do Estado.
Medina: A Secretaria Municipal de Saúde informou que está monitorando três casos suspeitos de coronavírus. Dois já aparecem no boletim do Estado.
Minas Novas: A Secretaria Municipal de Saúde investiga oito casos suspeitos. Seis já aparecem no boletim do Estado.
Mirabela: A Secretaria Municipal de Saúde investiga dois casos suspeitos de coronavírus. Um deles é de um homem, de 36 anos, que morreu depois de apresentar uma síndrome respiratória grave, conforme noticiado pelo G1. Esse caso já aparece no boletim do Estado.
O outro caso suspeito é de um idoso, de 98 anos, que deu entrada no Hospital Municipal São Sebastião com Síndrome Respiratória Aguda Grave na noite dessa terça-feira (24). Segundo o município, ele é portador de Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica e foi atendido com um quadro de desconforto respiratório, esforço respiratório intenso, hipertensão e baixa concentração de oxigênio no sangue. O paciente ficou internado e já recebeu alta.
Fonte: G1 GRANDE MINAS

Comentários