Dona de bar é morta com um tiro na cabeça durante roubo em Montes Claros

Uma comerciante de 62 anos foi morta com um tiro na cabeça durante um roubo, na noite dessa segunda-feira (5), no Bairro Esplanda, em Montes Claros. De acordo com a Polícia Militar, Maria Geni Cardoso Gonzaga é mãe de um agente penitenciário e estava no bar dela quando foi surpreendida por três criminosos. A vítima foi levada para uma garagem nos fundos do comércio e depois de entregar o dinheiro, foi baleada. Uma filha dela e outras três pessoas estavam no bar no momento do crime. Na fuga, os bandidos roubaram uma caminhonete de um cliente, de 55 anos.
"Ainda não é possível precisar se os três homens estavam armados nem a quantia levada. Também, neste primeiro momento, não acreditamos que o latrocínio tenha ocorrido por ela ser mãe de um agente de segurança. No momento do disparo, ela estava sozinha com os bandidos neste cômodo, mas o relato é que ela entregou todo o dinheiro. A perícia não recolheu nenhum material no local", explicou o tenente Ricardo Pardim.
O crime aconteceu por volta das 21h e até o momento ninguém foi preso. O bar funciona há mais 30 e fica na Rua Crispim Felicíssimo. Câmeras de segurança registraram a fuga dos criminosos e podem ajudar nas investigações. O G1 entrou em contato com os familiares, mas eles preferiram não comentar o caso.
"Fizemos rastreamento com os dados da caminhonete roubada e pedimos às pessoas que nos ajudem por meio do disque denúncia 181. Fizemos o registro do boletim e, agora, a Delegacia de Homicídio continua as investigações", complementou o oficial. O veículo roubado também não foi recuperado.(G1 GRANDE MINAS)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TRAGÉDIA NA BR 135 EM ITACARAMBI, DUAS VÍTIMAS FATAIS.

DOIS HOMICIDIOS EM MENOS DE 24 HORAS EM ITACARAMBI.

HOMICÍDIO EM ITACARAMBI NA QUARTA-FEIRA DE CINZA