ITACARAMBI COMEMORA O DIA DA IMACULADA CONCEIÇÃO, PADROEIRA DA CIDADE.

   FOTOS:Wellington Marques de Almeida
A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé e atividades ao ar livre

A Comunidade Católica de Itacarambi comemora neste dia 08 de Dezembro o dia da IMACULADA CONCEIÇÃO, padroeira do município de Itacarambi, sendo feriado na cidade. Logo pela manhã, às 05: oo horas, com animação de Roberto Rodrigues dos Santos, (Bel), Iniciando o dia, com alvorada pelas ruas da cidade e café da manhã em comunidade. Às 18 horas haverá procissão e às 19 horas celebração da Santa Missa em louvor à Imaculada Conceição.
Em seguida haverá animação com os Amigos Seresteiros após a missa haverá sorteios de pratos.
Durante a semana anterior, houve varias novenas na Igrejinha.
Além de resgatar a cultura de nossa cidade, o município ganha com a estrutura patrimonial e cultural da história de Minas Gerais.

A HISTÓRIA DA IGREJINHA.

A construção da Igreja Nossa Senhora Imaculada Conceição foi iniciada em 1912, concluída em 1915, ano de sua inauguração, no dia 08 de dezembro. De acordo com os relatos, o idealizador da construção da igreja foi Padre Mauricio, da Bélgica, que em 1912 esteve em Itacarambi. Ele era um missionário franciscano. Conta à história, que no local onde foi construída a igrejinha existia antes um cemitério antigo que foi demolido sob as ordens do senhor Manoel Ferreira de Sá, mais conhecido por “Nezim de Sá”, quando iniciou a construção. Após conclusão da obra, o cruzeiro do antigo cemitério foi mantido na frente da igreja, porém, não por muito tempo, pois uma senhora chamada Miguelina mandou fazer um cruzeiro grande de aroeira, retirando o cruzeiro antigo, e colocou um novo cruzeiro, com degraus na base; e este cruzeiro foi conhecido por muitas gerações. Dona Miguelina também foi pessoa que encomendou a imagem da Santa Nossa Senhora Imaculada Conceição ao Padre Ramiro Ferreira Leite Felício dos Santos, do Brejo do Amparo, Município de Januária. O Padre Ramiro trouxe a imagem e a doou à igreja, sendo esta imagem que permanece na igreja nos dias atuais. As festividades religiosas comemoradas na igrejinha eram: festa de Santa cruz e a festa do Divino Espírito Santo. A Igreja Imaculada Conceição recebeu esse nome, porque o povo era muito devoto da santa. As pessoas rezavam todo ano em suas casas, no dia 08 de dezembro, em comemoração à Virgem Imaculada Conceição. Naquela época, ao finalizar a reza, a dona da casa oferecia café com vários tipos de biscoitos, licores, vinho e, às vezes, até almoço ou jantar, pois a reza numa casa significava, naquele tempo, um dia de festa.

Por Vailton Ferreira colaboração do SITE http://www.minasgerais.com.br
                                                          INÍCIO DA ALVORADA

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé, multidão e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 1 pessoa, flor e área interna

Comentários