Moradores reclamam da falta de médicos no hospital de Januária; vídeo mostra homem no chão após não conseguir atendimento


Moradores reclamam da falta de médicos no hospital de Januária; vídeo mostra homem no chão após não conseguir atendimento
Moradores de Januária, no Norte de Minas, reclamam da falta de médicos no hospital municipal da cidade. Nesse domingo (12) alguns vídeos foram feitos, e postados nas redes sociais, para denunciar a situação. Em um deles, é possível ver um morador que não conseguiu atendimento deitado no chão de uma calçada, próximo ao hospital, enquanto outras pessoas tentam ajudá-lo.
De acordo com o morador Ricardo Monteiro, o problema é recorrente, mas tem se agravado nos últimos meses. "Muitos pacientes que precisam de médico estão sofrendo. Muitos plantões estão sem nenhum profissional para atender a população. A todo momento tem pessoas que vão à porta do hospital e precisam voltar sem o atendimento", diz o morador.
Indignado com a situação, Ricardo foi um dos moradores que usou as redes sociais para cobrar melhorias e expor a situação, que para ele é de irresponsabilidade com a população. "O município não está conseguindo colocar nenhum médico em alguns plantões. Os funcionários estão fechando as portas para não receberem os pacientes. Creio que esta é uma atitude para que o hospital tenha responsabilidade no atendimento".
O que diz a prefeitura
O secretário de saúde do município, Davidson Oliveira Dias, confirmou que o hospital encontra-se com cerca de 64% das escalas de plantões completas, mas enfrenta dificuldades para compor o quadro de médicos para atender todos os plantões da unidade.
É um conjunto de fatores que enfrentamos. Tem a falta de profissionais médicos que queiram ocupar as vagas, tem os atrasos dos repasses para atender a urgência e emergência. Com os atrasos ocorre uma evasão dos médicos, que não podem esperar, mas o Estado já se prontificou a regularizar esta situação".
A unidade hospitalar afirma que a falta de médico ocorre apenas na porta de entrada do pronto-socorro e que os pacientes que se encontram internados recebem o acompanhamento necessário durante o tratamento médico.
O aumento no número de atendimentos realizados no hospital municipal, segundo o secretário de saúde, cresceu nos últimos dias e isso também tem provocado uma superlotação, mesmo nos plantões em que os médicos estão trabalhando normalmente.
"Infelizmente tivemos o aumento no número de casos de dengue na cidade, assim como em outros municípios. O que pedimos à população é que procurem as unidades de saúde, que hoje temos cerca de 90% da área urbana assistida. E, lembrando, que muitos atendimentos que procuram o hospital podem ser feitos por enfermeiros nas unidades de saúde", completa o secretário.(G1 GRANDE MINAS)
A prefeitura não disse se tem um prazo ou trabalha com alguma medida emergencial para regularizar a situação


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conselho de pastores realizou neste sábado em Itacarambi, show gospel com banda "Manancial" e cantores regionais.

O DIA DO DIRETOR ESCOLAR É COMEMORADO PELOS PROFESSORES DO JOSEFINO BARBOSA

PREFEITURA DE ITACARAMBI INTENSIFICA LIMPEZA GERAL NA CACHOEIRA QUE ESTÁ SECA DEVIDO À ESTIAGEM.

REFORMA GERAL NAS INSTALAÇÕES DO PARQUE DE EXPOSIÇÃO DE ITACARAMBI, OBRA AVALIADA EM QUASE MEIO MILHÃO DE REAIS.

COMEÇOU NESTE DOMINGO (10) O CAMPEONATO DE FUTEBOL VETERANO 2019 DE ITACARAMBI